Somos uma rede de espaços colaborativos
para o desenvolvimento empreendedor.

Conheça nossos espaços. Agende aqui um dia gratuito em uma de nossas unidades.

A REDE +

Somos mais que um coworking, somos uma rede de empreendedores!

Somos uma rede de espaços colaborativos para o desenvolvimento empreendedor. Oferecemos ambientes físicos, acesso a comunidades inovadoras e todos os serviços que você precisa para alavancar seu negocio.

SERVIÇOS E PLANOS

COMUNIDADE Rede+

ESCRITÓRIO Virtual

COWORKING

ALUGUEL de salas

SERVIÇOS complementares

ACELERAÇÃO

R$ 60/mês

  • 10h no coworking
  • Endereço comercial
  • Acesso à comunidade física e virtual da Rede+
  • Descontos em cursos, eventos e demais serviços
Salas de Reunião
A PARTIR DE R$ 25/h
CONTRATE AGORA
Salas de Treinamento
A PARTIR DE R$ 190/turno
CONTRATE AGORA
Sala Privativa
(aluguel permanente)
CONSULTE UMA REDE+
MAIS PERTO DE VOCÊ
CONTRATE AGORA
FAÇA SEU EVENTO NA REDE+

CURSOS E EVENTOS

Baanko Challenge Salvador

19 de Novembro de 2016 às 10:00
Salvador

Workshop Estamparias: Processos e Criações

28 de Outubro de 2016 às 18:00
Aracaju

Curso Modelagem 3D

25 de Outubro de 2016 às 15:00
Aracaju

Introdução à Programação

24 de Outubro de 2016 às 19:00
Aracaju

Curso de ArchiCAD

5 de Dezembro de 2016 às 14:00
Aracaju

Curso de Direito Empresarial e Tributário

12 de Novembro de 2016 às 08:00
Aracaju

WORKSHOP EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO AO CLIENTE

31 de Agosto de 2016 às 10:00
Salvador
CONFIRA A AGENDA COMPLETA DA REDE+

UNIDADES

Encontre a Rede+ mais próxima de você!

Salvador-BA
Rede+ Salvador
Av. Sete de Setembro,
nº 3959 - Barra
(71) 3042.3041
salvador@gruporedemais.com
Seja Membro
SEJA UM FRANQUEADO

Comunidade REDE+

Conheça as empresas, startups e empreendedores que
você vai encontrar por aqui.

GEISEL ALVES
GRUPO REDE+​
MEL OLIVEIRA
CONVERSE
PETRÔNIO CARVALHO
ADVOGADO
PAULO HENRIQUE
CONECTA IDIOMAS
JAIME CÓRDOVA
CONECTA IDIOMAS
Helder de Souza Goes
ADVOGADO
Karen Noguchi
IT'S BLUE MARKETING
Ingrid
Arquitectura
Marcelo Leal
Grupo REDE+
Rafaela Rey
It´s Blue marketing
Adrielle Coutinho
It´s Blue marketing
Everton Souza
It´s Blue marketing
Conheça a lista completa de todos os empreendedores que trabalham conosco

Blog

Estudos científicos apontam o Coworking como o futuro do trabalho

Qua, 07 Dez 2016

Um grupo de cientistas da Universidade de Michigan, nos EUA, realizou um estudo ao longo de quatro anos sobre o Coworking. Durante a investigação, 200 trabalhadores foram entrevistados em espaços de coworking e um pesquisador ficou seis meses trabalhando como um membro de coworking. Os resultados indicaram várias vantagens do coworking frente aos formatos tradicionais de trabalho. Selecionamos as duas conclusões mais importantes que apontam porque o Coworking  é o futuro do trabalho, confira!

 

1. Flexibilidade e autonomia

Espaços de coworking como o da Rede+, conseguem ser flexíveis o suficiente para receber tanto os profissionais freelancers quanto os empreendedores tradicionais. Esta mistura, além de permitir um ambiente de colaboração, dão um senso de autonomia que se converte em aumento de performance.

 

Flexibilidade e adaptabilidade de espaços e independência são características fundamentais para aumentar o comprometimento e engajamento com o trabalho. Esta descoberta científica já vem sendo experimentada por muitas companhias que têm adotado, por exemplo, horários flexíveis de trabalho. Na Rede+, além de uma estrutura flexível e pronta para atender às suas necessidades, construímos um ambiente único e muito bem localizado, em Sergipe ou em Salvador (é só escolher!).

 

2.       Senso de Pertencimento

Este fator é ainda mais crucial que o anterior. Esta descoberta dos cientistas indica que espaços de coworking tendem a oferecer um senso de comunidade profundo, onde as pessoas podem ser elas mesmas, uma vez que escolheram fazer parte daquele espaço e não se sentem em competição com os que estão a sua volta. 

 

Muitos entrevistados afirmaram que querem fazer parte de comunidades enquanto estão tocando seu próprio negócio. E não é difícil de entender esta descoberta, na medida em que o ser humano tem como uma de suas características principais viver em comunidade.

 

Veja a resposta de um dos entrevistados da pesquisa:

“Isto realmente afetou positivamente meu trabalho porque isto... me tornou mais feliz todo o tempo e ter pessoas ao redor com as quais eu não estava em competição, mas que podia trazer experiências de diferentes indústrias e diferentes situações é realmente, realmente útil... Fui capaz de ter contato com ideias com as quais normalmente não teria”

 

As vantagens de explorar espaços de coworking já foram comprovadas cientificamente, agora só falta você procurar a Rede+ e compartilhar este lifestyle único  que um espaço bem localizado e com uma estrutura e ambiente ímpares pode fazer nos resultados do seu negócio.

 

Venha para a Rede+!  

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

Hora de planejar 2017

Qui, 01 Dez 2016

30 dias para o final do ano de 2016 e já está na hora de se preparar para o novo ano. Para os empreendedores, este é o momento de fazer um balanço deste ciclo repleto de acontecimentos que vão entrar para a história e preparar um planejamento estratégico para enfrentar os desafios de 2017.

 

O planejamento estratégico é uma ferramenta importante para ajudar empreendedores na tomada de decisões com mais segurança, maturidade e assertividade para alcançar o sucesso. Além da elaboração com antecedência, é importante que colaboradores de diversas áreas contribuam com sua construção para uma riqueza de pontos de vista e soluções específicas para cada setor e o futuro comum da empresa.

 

Pensando nos pontos chave de qualquer planejamento estratégico, a Rede+ trouxe quatro tarefas indispensáveis na produção deste documento para tornar seus 2017 um ano de sucesso:

 

1. Avaliar 2016

Um bom planejamento anual deve começar com o balanço de todas as ações e resultados obtidos no ano que está para terminar. Quais os acertos? Quais as falhas? O que é preciso melhorar? Quais os obstáculos que precisam ser solucionados? Estas são apenas algumas perguntas às quais o empreendedor deverá se deparar na composição do histórico do ano da empresa.

 

2. Analisar cenários

O empreendedor precisará fazer uma análise do cenário em que sua empresa está inserida, entender o que aconteceu em 2016 e os horizontes para 2017 é fundamental. Se ela lida com clientes ou insumos de fora do país este estudo precisa abordar o cenário internacional. Como o câmbio deve se comportar?, será uma pergunta importante. Internamente, é bom levar em consideração a situação econômica e política e aspectos inerentes à sua área de atuação. Qual a perspectiva de crescimento do seu setor?

 

3. Definir metas

Depois de analisar o ano que está para terminar e o cenário futuro do setor, é hora de colocar no papel quais as metas para o futuro do seu empreendimento. Onde quer chegar? Quanto quer lucrar? Quanto precisa investir? As boas metas são realistas o suficiente para o cenário previsto e, ao mesmo tempo, ambiciosas para a sustentabilidade financeira do negócio.

 

4. Fazer planos de ação

Agora que já sabe onde se quer chegar neste 2017, o momento é de começar a definir planos de ação para executar a meta. O plano de ação busca responder o “Como” ou “De que forma fazer”. O empreendedor deve traçar suas estratégias e táticas de execução, prever os custos e fazer orçamentos, traçar mecanismos de monitoramento e ajustes para garantir o sucesso em 2017.

 

Seja o 2017 que você deseja! Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

3 práticas empresariais que você deve aplicar em sua startup

Ter, 29 Nov 2016

Grandes empresas um dia foram startups também. Enfrentaram desafios, traçaram metas e tiveram empreendedores que sonharam um dia em transformarem seu pequeno negócio em uma grande companhia. Neste sentido, as grandes empresas têm muito a ensinar em suas práticas aos novos empreendedores.

 

A Rede+ elaborou uma lista com cinco dicas sobre procedimentos e dinâmicas que obrigatoriamente estão presentes em grandes companhias de sucesso no mundo e que podem ser replicadas em startups.

 

1.       Organização administrativa

Uma companhia de grande porte precisa primar por uma boa organização administrativa. Isto significa ter todas as ações fundamentadas em planejamentos previamente elaborados, seleção de colaboradores, líderes de setores e sócios de modo estratégico e uma comunicação com públicos internos e externos fluindo de modo eficiente. Para as startups, pode ser difícil gerenciar a quantidade de tarefas intermediárias e garantir uma entrega de qualidade de sua atividade-fim, mas é preciso traçar planos, ter claro deadlines e entender sobre o negócio para ter sustentabilidade.

 

2.       Compromisso com o negócio

O mundo dos negócios é o mundo dos compromissos. Sem compromissos, é impossível realizar acordos. As grandes companhias são construídas sobre compromissos que mantêm com outras empresas. Em muitos casos, donos de startups acabam sabotando seus próprios negócios ao optarem por executar a sua excelente ideia e se esquecem do compromisso. O compromisso é que vai se converter em uma estratégia poderosa para formação de uma imagem positiva da sua startup junto aos seus públicos. Uma ideia que pode mudar o mundo poderá não sair do papel caso o empreendedor não cumpra alguns destes compromissos fundamentais no processo.

 

3.       Investimento em inovação

Grandes empresas costumam criar equipes para desenvolver e testar inovações que vão garantir a sustentabilidade futura do negócio frente à concorrência. Investir em inovação não é barato, demanda custos com a própria produção e tempo para que o grupo possa trabalhar na maturação da ideia. Mas, se a meta é buscar relevância no mercado, é melhor assumir certos riscos. Em proporções menores, uma startup também precisa buscar constantemente renovar seu produto ou serviço para não ser superada; ou ser superada por si mesma! Crie um plano para o desenvolvimento de inovações dentro da sua realidade, conheça novos pares, aumente sua rede, entenda o que o mercado está fazendo. Tudo isso você encontra na Rede+.

 

4.       Definição de Lucros e Perdas

O julgamento do sucesso de uma administração em um grande negócio é aferido pelo Demonstrativo de Perdas e Lucros, normalmente fechado anualmente, mas alimentado processualmente ao longo do ano. É uma boa ideia mensurar seus ganhos e perdas e comparar com sua meta inicial dentro de um período determinado. Crie um processo de avaliação que se ajuste à realidade da sua pequena empresa. Mesmo começando como uma startup é possível ser lucrativo e aos poucos se tornar uma grande companhia. 

 

5.       Abordagem diferenciada 

Ter uma abordagem diferenciada em todos os aspectos do negócio também é uma prática de grandes companhias que pode ser replicada em startups. Seja criativo, tente visualizar os problemas a partir de outros ângulos e ofereça soluções radicalmente novas, assim como fazem os empreendedores das grandes empresas. Entre as dicas dadas por especialistas estão a criatividade, que deve ser utilizada tanto durante o processo produtivo até a momentos de negociação de compras e de vendas. 

 

O que startups e grandes companhias têm em comum?

O compromisso com o negócio em uma abordagem diferenciada, com fluxo orgânico administrativo-financeiro funcional e visão de futuro com inovação baseada em uma clara noção de lucros e perdas.

 

Quer adotar boas práticas? Venha para a Rede+!     

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

Seja produtivo aos domingos (e no resto da semana)

Qui, 24 Nov 2016

Para muitos, o domingo é aquele dia de descanso onde a regra é não fazer nada. Para outros, é um dia de trabalho como outro qualquer, que deve ser explorado ao máximo para que a semana seja menos estressante. Qual dos dois comportamentos está certo? Nenhum.

 

Usar o final de semana para dar espaço à preguiça e ao ócio total pode contaminar o início da semana e prejudicá-la completamente. Assim como não usar o domingo para descansar e espairecer a mente pode tornar a semana muito estressante.

 

Tanto para aqueles que amam quanto para os que não gostam tanto assim do seu trabalho, a principal dica aqui se resume em: equilíbrio. A Rede+ preparou uma lista com cinco dicas para tornar o seu domingo produtivo e, consequentemente, o resto da semana.

 

1. Organize a agenda

Entre um momento de diversão e outro, separe um horário do dia para organizar sua agenda da semana. Separe quais serão suas atividades, deadlines, tempo de execução, horários, entre outras demandas importantes. Isto ajudará a tornar sua semana mais organizada e produtiva. Para os workaholics, esta é uma tarefa suficiente para permitir a realização de outras atividades no domingo.

 

2.Esboce projetos

Melhor do que ficar o dia inteiro sentado no sofá é ir para um lugar diferente da casa ou de sua cidade, levar papel e caneta e esboçar um novo projeto (ou aquele que está parado na gaveta!). A realização desta atividade precisa em um espaço diferente, se possível ao ar livre, para que você saia da rotina é estimulante. O processo de criação exige esta mudança de ares.

 

3.Reveja tarefas e planos

Este pode ser um bom dia para um trabalho mais leve e que exige um menor grau de esforço. Revise suas tarefas e planos, organize seu espaço de trabalho, prepare o ambiente de forma a torná-lo mais limpo e organizado para o resto da semana. Organize seus arquivos, leia e responda os e-mails não lidos durante a semana.

 

4.Coma bem

Domingo não é o dia de enfiar o “pé na jaca”. A véspera do primeiro dia de trabalho da semana precisa ser tranquila e confortável para não resultar em impactos durante toda a semana. Comer e beber muito ou ingerir comidas gordurosas pode resultar em problemas digestivos e no aumento do sentimento de culpa na segunda-feira. Nos dois casos, o estresse terá lugar certo.

 

5.Descanse

Não esqueça que domingo é um dia de descanso. Embora ele possa ser um dia produtivo, é preciso separar horários para sair com os amigos, tomar um sol, encontrar com a família, brincar com os filhos, ver um filme, um show ou uma peça, ler um livro, dormir e realizar outras atividades prazerosas. O lazer é uma atividade indispensável para a ampliação da produtividade no trabalho e para estimulo à criatividade e inovação.

 

Quer ser produtivo todos os dias? Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Como ser um freelancer profissional?

Ter, 22 Nov 2016

A decisão de se tornar um freelancer, normalmente está associada a uma vontade de expandir horizontes, sair da monotonia do trabalho tradicional e de ser independente. Alguns adotam esta estratégia por um período de tempo limitado, enquanto outros a incorporam como um estilo de vida.

 

Mas o que é necessário para trocar de vez o trabalho tradicional e viver como um freelancer? A tarefa não é nada fácil, mas a Rede+ preparou uma lista com algumas dicas para ajudar você empreendedor a pagar suas contas e viver (tranquilamente) somente como freela.

 

1.       Formalize-se

Microempreendedor Individual (MEI), autônomo, liberal, etc. Seja qual for a sua escolha, é preciso se formalizar. No início, é comum que as pessoas comecem de modo informal. No entanto, na medida em que se torna conhecido e precisa ampliar sua lista de clientes para pagar as contas, será necessário emitir notas fiscais e pagar impostos. Seus próprios clientes de médio e grande porte demandarão atividades que você só atenderá quando se formalizar.

 

2.       Saiba o seu valor (e seu preço)

Uma das maiores dificuldades de um freelancer é a definição do seu preço. É possível utilizar como estratégia a redução de preços inicialmente para atrair novos clientes. Mas, quando eles passam a conhecer o seu serviço e a demanda aumenta, é hora de recalculá-lo e levar em consideração todos os seus custos, investimentos, lucros e reservas pequeno, médio e longo prazos. Deixe sempre o cliente saber o seu valor antes de informar o seu preço. 

 

3.       Lembre-se da administração

Em meio aos vários trabalhos de clientes na fila, é fácil deixar de lado algumas tarefas administrativas chatas do dia-a-dia. No entanto, qualquer trabalhador autônomo precisa cuidar das atividades administrativas com assiduidade e compromisso. O trabalho não termina no momento da entrega ao cliente. É preciso captar clientes, enviar nota fiscal, a fatura e deixar um contato em aberto para futuros trabalhos. Além, claro, de emissão de licenças, autorizações, prestação de contas e outras atividades administrativas, financeiras e contábeis. 

 

4.       Cuide das finanças

Separe bem as contas relativas ao seu negócio das suas contas pessoais. O ideal é dividir a vida financeira de sua atividade como freelancer em: a)investimentos para crescer; b) taxas e impostos; c) economias para o futuro e aposentadoria; d) gastos pessoais. Você pode determinar percentuais fixos para cada uma destas necessidades. A melhor parte é que como é um freelancer, é possível flexibilizar e ajustar estes números, mas é preciso ser disciplinado.

 

5.       Foco nos objetivos

As tentações para lhe retirar o foco são as mais diversas possíveis. Mas, é possível contornar todas elas e se manter no planejamento. Se home office não está sendo produtivo, procure espaços de coworking como a Rede+. Para clientes que devoram cada minuto disponível do seu dia, defina um tempo para cada reunião a depender da pauta do encontro. No caso de trabalhos muito distantes de suas habilidades, o melhor pode ser recusá-los. Reflita bastante antes de qualquer decisão a tomar, sobre a oportunidade que surgir e tenha sucesso no estilo de vida freelancer.

 

Quer ser um freelancer? Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Confira a participação da Rede+ na Semana Global de Empreendedorismo Salvador

Qui, 17 Nov 2016

Entre os dias 22 e 26 de novembro acontece em Salvador mais uma edição da Semana Global de Empreendedorismo. O encontro, que reúne uma série de eventos gratuitos na cidade, faz parte de um movimento global que visa fortalecer a Cultura Empreendedora em diferentes países. A Rede+ montou uma programação especial durante a Semana, inclusive com a oferta de serviços gratuitos.

 

Na sexta-feira (25), acontece o Meet up do Grupo Rede +. Voltado para micro e pequenos empresários e startups, o evento reunirá players e convidados da semana na FeComércio. O momento será ideal para potenciais empreendedores e estudantes universitários.

 

Ainda na sexta-feira, a Rede+ promoverá treinamento de pitches para negócios durante o PitchDay. O dia será finalizado com uma pequena competição dos participantes, tendo os jurados envolvidos com o mercado de fundos de investimentos.

 

No sábado, acontecerá a Gincana do Empreendedorismo. A competição ao ar livre terá atividades esportivas para empreendedores e curiosos bem perto da sede da Rede+ Salvador, na praia da Barra. Confira as atividades da gincana: 

 

Empreendedorismo em Alto Mar

Descrição: Talk com empreendedores e um convidado especial, em alto mar, em cima das pranchas de standup reunidas na praia da Barra.

Horário: 10h

Público: 15 - 20 pessoas. 

Local: Praia do Porto da Barra

 

Torneio: Empreendedorismo de Tabuleiro 

Descrição: Várias partidas com jogos de empreendedorismo, dentro do espaço colaborativo, competindo entre diferentes equipes;

Horário: 14h

Público: 35 - 45 Pessoas 

Local: Sede da Rede+ Salvador 

 

Talk: Empreendedorismo no Esporte

Descrição: Painel com convidados para debater sobre o cenário e perspectiva do empreendedorismo no esporte. 

Horário: 15h30min

Público: 50 - 60 pessoas

Local: Praia do Porto da Barra

 

Happy Hour - Pôr-do-sol 

Descrição: Rodada de networking e happy hour com os participantes no porto da Barra, durante o Pôr-do-sol. 

Horário: 15h30min

Público: 30 - 35 pessoas

Local: Praia do Porto da Barra 

 

REDE+ Balance 

Descrição: Sessão de meditação em grupo para os participantes

Horário: 14h 

Público: 20 - 30 pessoas

Local: Praia do Porto Barra

 

Mentoria e Coworking

Descrição: Sessão de espaço colaborativo para trabalho e mentorias para alvancar seu negócio.

Horário: Conforme agendamento através do site ou telefone

Público: Vagas limitadas.

Local: Sede da Rede+ salvador - Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Vila da Barra – Barra.  

Serviço: 

Semana Global do Empreendedorismo

Data: 22 até 26 de novembro

Eventos: Gratuitos

Local: Salão de eventos da Casa do Comércio, Sede da Rede+ Salvador (Vila da Barra nº3959, Barra) e Porto da Barra.

Mais informações: http://www.sgesalvador.com.br/

 

Quer empreender? Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Você é um intraempreendedor?

Ter, 15 Nov 2016

No mundo dos negócios, existem aqueles profissionais que anseiam resolver problemas, inovar e criar. Pensam fora da caixa, lideram e inspiram equipes. Mas, também existem donos de negócios que apesar de criativos e inovadores, não conseguem crescer. Por que isto acontece? Para os que ainda não alcançaram o sucesso no mundo empresarial, a resposta pode está no seu perfil intraempreendedor.

 

Intraempreendedores são profissionais visionários, observadores, inovadores, mas que não assumem determinados riscos e entraves empresariais. Neste caso, desbravar-se no oceano azul dos negócios pode ser um pesadelo, e talvez uma carreira em um ambiente mais amigável e com riscos calculados seja mais favorável. Que tal liberdade para criar, errar e ainda recebem orçamento extra só para inovar dentro das empresas?

 

A Rede+ trouxe três perguntas que caracterizam estes profissionais, que têm fundamental importância no mundo dos negócios:

 

1.       Você pode assumir riscos financeiros?

Riscos financeiros sempre fazem parte do cardápio para começar uma empresa. O capital inicial tem que ser o suficiente para sustentar operações e custos iniciais e as despesas da vida do empreendedor por um bom tempo - o que pode se estender por anos! A falta de recursos financeiros é uma das principais causas de fechamento de negócio nos anos iniciais. Se você é avesso aos riscos financeiros ou não está em um momento em que possa se sustentar enquanto constrói o seu negócio, o intraempreendedorismo pode ser a sua saída. 

 

2.       Qual o seu propósito?

As aventuras pelo empreendedorismo não têm como única motivação o dinheiro. Alguns desejam reconhecimento, outros querem deixar um legado de impacto na sociedade, um trabalho com valores mais próximos aos seus, ou a satisfação pessoal. Dentro do ambiente corporativo, é possível ter todos estes desejos. De fato, a questão financeira dificilmente será equilibrada entre o intraempreendedorismo e o empreendedorismo. Mas vale a pena pensar bem nas motivações e, ao tomar decisões, pontuar os benefícios e riscos para o seu sonho.

 

3.       Vai suportar começar do zero?

Um dos maiores desafios na hora de iniciar um novo negócio é ter que lidar com todas as burocracias, planejamentos, formação de equipes e sistemas de operação, protocolos de venda, relacionamento com o cliente, etc. Ser um intraempreendedor significa começar a partir de uma plataforma que já existe e vai permitir pular toda esta fase inicial. Sem este desgaste inicial, é possível que tenha um gás extra para o novo projeto.

 

Da próxima vez que pensar em trocar seu emprego por começar uma nova empresa, reflita sobre se realmente possui um perfil de empreendedor ou se não pode negociar um cargo de intraempreendedor na empresa onde está ou em outra grande companhia.

 

Vamos Intraempreender? Venha para a Rede+!        

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

5 Estratégias que estão revolucionando o mundo do e-commerce

Qui, 10 Nov 2016

O e-commerce chegou para ficar e tem revolucionado o mundo dos negócios. Desde startups até grandes companhias, todos têm explorado as oportunidades das plataformas digitais para converter em vendas seus produtos ou serviços. Por outro lado, a concorrência pode ser extremamente agressiva nestes espaços tendo em vista a facilidade na montagem de lojas virtuais e acesso aos públicos.

 

Dados do 34° Ebit WebShoppers, principal relatório sobre o setor no Brasil, indicam que no primeiro semestre de 2016, as vendas pela internet alcançaram um faturamento de R$ 19,6 bilhões, um aumento de 5,2% em relação ao ano passado. Já o estudo da Paypal e Big Data Corp apontou um crescimento de 21,5% dos endereços brasileiros dedicados a lojas virtuais em relação a 2015. 

 

A Rede+, que oferece serviços de Aceleração para pequenas empresas que desejam entrar no e-commerce, trouxe cinco estratégias importantes para se destacar no incrível mundo das vendas pela internet.

 

1. Crie relacionamentos

Diante de tanta oferta de produtos e serviços, muitas vezes semelhante ao seu, é necessário se diferenciar na forma de relacionamento com o seu cliente. Lembre-se que apesar da distância, a experiência da compra ainda deve ser confortável, sem contratempos e estresse. Seu cliente precisa lembrar da boa relação que manteve com sua empresa desde o momento que começou a pesquisar sobre a compra até o pós-venda. Não se esqueça que depois de toda entrega do produto inicia-se uma nova oportunidade de venda.

 

2. Invista em branding

Você já parou para imaginar a quantidade de marcas que se depara ao longo do dia? No e-commerce é preciso criar uma identidade de marca para que sua empresa seja reconhecida e lembrada positivamente. Não importa qual o porte do seu negócio, toda empresa deve investir em branding para que alcance uma imagem consolidada e tenha credibilidade no mercado, mesmo em momentos difíceis. 

 

3. Verticalize a oferta

Os clientes têm ficado cada vez mais sofisticados e as demandas mais específicas. A verticalização da oferta tem sido quase um imperativo para as empresas no e-commerce ao oferecer uma gama de produtos/serviços especializados e inerentes a determinada demanda. Lojas virtuais de tênis, por exemplo, verticalizam sua oferta ao vender uma série de produtos ligados à prática esportiva.

 

4. Explore vários canais

Antes de decidir fazer sua empresa circular por todos os canais possíveis, seja estratégico e, com a ajuda de um planejamento, saiba onde está seu cliente no ambiente digital. Após isto, a regra é simples: entenda o funcionamento de cada canal, explore-o de modo inteligente e adequado ao seu público e a sua marca e monitore-o. E-mails, mídias sociais, Google AdWords e Google Analytics são apenas algumas possibilidades que pode usar para abrir canais de diálogo e coleta de dados com seus públicos. Mas atenção à linguagem, conteúdo e formato de cada plataforma!

 

5. Cuide das interfaces

As interfaces da sua loja virtual são como o ambiente físico de uma loja. Você não deixaria ele sujo e desorganizado, nem manteria funcionários mal-educados. Por isto, seja no site, rede social ou aplicativo, a interface precisa ser limpa, organizada e intuitiva. Não insira elementos desnecessários e cuide para que o sistema esteja sempre em funcionamento. As etapas da compra devem ser simples e confortáveis. Lembre-se que a experiência da compra à distância não deve se converter em um pesadelo para os clientes.

 

Pronto para o e-commerce? Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

3 Dicas para potencializar o seu pitch

Ter, 08 Nov 2016

Há quem pense que o pitch só é realizado durante coffees naqueles eventos; em espaços e intervalos entre atividades e com ‘aquela’ possibilidade de preparação prévia. Quem pensa desta maneira está ignorando uma série de oportunidades de vender uma ideia, um conceito ou um produto para um investidor ou parceiro. Pitch se faz todos os dias e em todos os lugares em que a oportunidade surgir. Pode ser no escritório, no elevador ou em um almoço. É uma questão de treinar o olhar para identificar a oportunidade e, saber aproveitá-la! E assim como tudo o que fazemos, sempre pode ser aprimorado.

Pensando no pitch como uma importante estratégia de marketing para a sua startup, a Rede+ buscou junto aos parceiros e clientes dicas de como podemos potencializar o pitches. Mais do que uma boa oratória e dicção, é preciso ser objetivo e capturar, nos poucos minutos de exposição, a atenção do interlocutor. Confira as três principais dicas na opinião de quem faz e ouve pitches.

 

1. Seja bem lembrado 

Ao elaborar seu discurso se questione em todos os momentos se você será bem lembrado pelos conteúdos e formas que escolheu. Seja empático, assertivo e criativo. Há especialistas que indicam o uso da rima ou que você conte uma pequena história (storytelling) para gerar empatia com o interlocutor. Os recursos visuais, quando possíveis, também pode ajudar você a ser lembrado. Um último detalhe é ter cuidado tanto com estes recursos complementares quanto com a repetição desmedida em sua explicação que pode levar à saturação. Cuidado para que você não seja lembrado como aquele empreendedor que “fala muito, não diz nada” e ainda nos faz perder tempo.

 

2. Crie conexão emocional 

Esta dica está diretamente ligada à dica 1. Seja empático. Não perca de vista que apesar de a venda acontecer no B2B, a decisão virá de uma pessoa, que, por mais racional que seja, tem emoções, preconceitos e valores. Na hora de melhorar o pitch, preveja quem será seu ouvinte, de onde ele vem, o que gosta e como ele se relaciona. Segmentação é tudo! Saber para quem você vai falar pode ajudar-lhe a tornar o momento do pitch uma oportunidade para criar vínculos emocionais que podem ser decisivos na hora de fechar um negócio.

 

3. Reconheça suas falhas

Esta é uma dica que ajudará a dar impressão para o interlocutor da maturidade do empreendedor sobre o negócio. Os investidores estão de olhos abertos não só para o negócio, mas para quem o coordena. Neste sentido, é preciso ser consciente o suficiente para reconhecer as fragilidades do mercado, as falhas dos produtos e as possibilidades de melhoria do negócio. Além de ser realista e reconhecer os problemas, é extremamente importante oferecer soluções e até indicar como pode ser a participação da empresa a qual você busca parceria. Esteja aberto para novas críticas e soluções também.

 

Pronto para o pitch? Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Três segredos simples para ter sucesso na economia digital

Qui, 03 Nov 2016

A competitividade é uma das principais características da economia digital. Com a facilidade de poder oferecer produtos ou serviços por meio das várias plataformas digitais, muitos empreendedores têm migrado para este ambiente e têm obtido sucesso.

 

A Rede+ ouviu seus parceiros, clientes e especialistas no mercado de economia digital para entender quais são os elementos fundamentais para se ter sucesso nesta área. Elencamos os três pontos que foram os mais recorrentes nas conversas para o desenvolvimento das empresas de pequeno e médio porte e também para as startups.

 

Pesquisa e análise

Através das plataformas digitais, é possível pesquisar e analisar todas as atividades relacionadas ao seu negócio. Da matéria-prima, recursos humanos e materiais, até o público-alvo; o empreendedor pode traçar em detalhes no seu planejamento estratégico as melhores soluções para resolver questões sobre estes itens e agir com maior assertividade. Explore a ferramenta de busca do Google além das palavras-chave, é possível utilizar filtros e pesquisar imagens, notícias, livros, por data e localização; e coletar dados de acesso em seu site com o Analytics. Depois da pesquisa, analise com calma os seus dados e relacione-os com os objetivos e metas do seu empreendimento. Mais importante que os dados é a análise destas informações e cruzamento com seu negócio para o desenvolvimento do seu planejamento estratégico.

 

Comunique-se

Com o mundo digital, a comunicação assume um papel ainda maior de protagonista no composto do ambiente empresarial. A relação com os seus públicos precisa estar completamente aberta. Crie canais de comunicação para o contato com seus clientes, fornecedores, parceiros e funcionários, mas não perca de vista que é preciso estar pronto para ouvi-los em suas demandas, críticas e reclamações. Interaja!  Esteja atento também para sua reputação no ambiente digital, inclusive em redes as quais não participa voluntariamente e com públicos que não são seus clientes. Planeje cada ação de marketing, produza conteúdo e tenha um protocolo pré-elaborado para lidar com possíveis crises.

 

Monitoramento

Nas plataformas digitais quase tudo é monitorável. A quantidade de dados geradas pelos usuários de uma rede social ou de um visitante de um site é tão rica que permite muito detalhamento. Explore as ferramentas de monitoramento, muitas delas são gratuitas como o Google Analytics ou o próprio relatório do Facebook. Apesar de mais simples, elas podem fornecer a informação que você precisa saber sobre a origem do visitante do seu site, quanto tempo ele passou por lá, onde clicou, entre outras informações. A partir daí, volte para a Dica 1 da “Pesquisa e Análise” para interpretar estes dados, relacioná-los com os objetivos e metas do seu negócio e melhorar suas estratégias de marketing.

 

Quer ter sucesso na economia digital? Venha para a Rede+!           

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

5 dicas para evitar a falência do seu negócio

Ter, 01 Nov 2016

As pesquisas sobre os principais desafios para uma nova empresa são unânimes em apontar as altas taxas de mortalidade das empresas brasileiras nos primeiros anos. O Sebrae informou em seu relatório no ano de 2013 que 24% das empresas com até dois anos encerram suas atividades e, em quatro anos, somente metade destas continuariam em funcionamento.

Os motivos que explicam as altas taxas de mortalidade de empresas brasileiras vão desde o posicionamento estratégico adotado, a ausência de modelos de negócio, erros na escolha da equipe e dos sócios, até questões como a localização e a definição do público-alvo. Aproveitando este feriado, a Rede+ trouxe cinco dicas para ajudar os empreendedores a evitar a falência da sua empresa. As dicas são do especialista em gestão e executivo em empresas como a DHL e Henkel, Gordon Tregold.

Defina seu cliente

Um bom empresário precisa ter na ponta da língua a resposta para a pergunta: Qual é o seu público-alvo? Dizer que todo mundo é um cliente em potencial não é uma boa solução para a questão (Dica extra!). É preciso conhecer o cliente para definir uma estratégia de marketing adequada, por mais amplo o mercado que esteja. Por isto, é de fundamental importância trabalhar a segmentação a partir de todas as informações sobre o público-alvo para definir a melhor estratégia para alcançá-lo!

Venda seu produto ou serviço para sua rede

Você precisa fazer seu produto ou serviço circular, por isto, ainda que nem todas as pessoas da sua rede sejam seu cliente em potencial, todas elas, sem dúvida, podem divulgar, indicar e potencializar o seu negócio. Na pior das hipóteses, elas fazem parte de outras redes as quais podem revelar novos clientes para você. Amigos, familiares, vizinhos, ex-colegas de escola, faculdade ou trabalho são as primeiras pessoas para quem deve divulgar sua empresa. Eles lhe conhecem e podem ter maior confiança em você.

Seja agressivo nas vendas

A ação de vender é uma das principais bases de sustentação de um negócio. Neste sentido, uma atenção especial deve ser dada a esta atividade para melhores resultados. Uma das principais razões da morte de uma empresa são problemas nas vendas. Sendo assim, defina metas mensais e semanais claras e aliadas com o objetivo do negócio. Monitore-as e faça os devidos ajustes para ter mais assertividade e potencializar resultados.

Entenda o valor do seu serviço ou produto

A precificação é um dos maiores desafios para o empreendedor. Saber cobrar o valor certo de um produto ou serviço é um trabalho que exige do profissional ter o domínio da sua produção e seus custos, da circulação e da importância de um produto ou serviço para o seu cliente. E o mais importante: nunca deixe o cliente saber o preço do seu produto/serviço antes dele entender o seu valor para o negócio dele.

Planeje a sustentabilidade financeira

É preciso entender bem a diferença e a importância da receita e dos lucros. Tenha organizado em planilhas tudo o que entra de recursos na empresa e subtraia deste valor os custos operacionais, recursos humanos e pró-labore para descobrir quais os lucros. Destine valores fixos para reinvestir na própria empresa e um caixa para custos emergenciais. Otimize seus gastos com fornecedores, renegocie valores e faça pesquisas de mercado. Para um negócio crescer, ele precisa ter sustentabilidade financeira.

A Rede+ ajuda os novos empreendedores a enfrentar os desafios de mercado nos seus passos iniciais. Seja com mentorias ou serviços complementares que dão suporte ao seu negocio, a Rede+ é o lugar para você começar e se desenvolver!

 

Venha para a Rede+!  

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Cinco estágios para transformar seu projeto em negócio

Qui, 27 Out 2016

Tornar seu propósito de vida um projeto real e torná-lo sua principal fonte de renda sempre parece um desafio muito difícil. Como começar? Como lidar com os diversos obstáculos que aparecem no caminho? Como não falir nos primeiros meses?

Estas são apenas algumas perguntas que passam pela cabeça de qualquer empreendedor em seus primeiros passos. Os primeiros anos de um novo negócio costuma ser bem desafiador. Pesquisas apontam que 90% das empresas fecham por falta de compromisso ou sacrifício requerido para o negócio.

Pensando nisso, a Rede+ recuperou as sugestões de pesquisadores da Harvard Business, que apontaram cinco estágios para o crescimento de um pequeno negócio.

Estágio 1: Existência

Nesta fase, um dos principais problemas é ter clientes e entregar os produtos e serviços para os quais sua empresa foi contratada. É importante entender bem o equilíbrio entre a demanda e a capacidade de produção. É preciso se questionar se o negócio é viável, se pode aumentar e se há recursos financeiros suficientes para as demandas da empresa nesta fase inicial.

Estágio 2: Sobrevivência

Ao chegar nesta fase, é hora de lidar com a complexa relação entre receita e despesas. É preciso se questionar se a geração de lucros é o suficiente para permitir novos investimentos na empresa para que ela possa crescer, aumentar seu público, ou sua capacidade de prestação de serviços ou produtos. Esta fase pode ser rápida ou a empresa pode ficar por algum tempo. Existe nesta etapa, inclusive, o caso de startups que são vendidas para outras companhias.

Estágio 3: Sucesso

Este estágio pode ser dividido em dois “tipos de sucesso”. O primeiro deles está relacionado à empresa que alcançou uma saúde financeira, chegou a um tamanho e penetração no mercado que resulta em lucros suficientes. Elas podem permanecer indefinidamente neste nível ou até que o mercado mude radicalmente. O segundo tipo de sucesso é aquele em que o investimento em crescimento continua acontecendo. Mas, uma dica de fundamental importância para o empreendedor que toma este tipo de decisão é ter certeza que o negócio fundamental da empresa continue rentável. Ele não pode ser esquecido.

Estágio 4: Decolagem

O crescimento rápido é o sonho de todo o empreendedor, mas uma série de problemas pode ser gerada e a empresa precisa estar preparada para decolar com equilíbrio. A primeira coisa a fazer é delegar responsabilidades para administradores qualificados e eficazes. O segundo é administrar os recursos financeiros para as novas demandas financeiras, impostos e recursos humanos e materiais necessários para dar base ao crescimento. Faça um plano operacional e estratégico e envolva diferentes áreas.

Estágio 5: Amadurecimento

Depois de atravessar uma jornada com preocupações que vão da consolidação e controle de ganhos financeiros, passando pelo crescimento rápido e decisões tão sensíveis, o empreendedor chegou a um nível de amadurecimento. É preciso visualizar e eliminar ineficiências que atrapalham o crescimento, profissionalizar o negócio e engajar setores financeiros, operacionais e estratégicos da empresa que devem estar descentralizados. Nesta altura, já podemos falar em uma companhia com porte, recursos financeiros e talentos administrativos.

A Rede+ oferece um serviço ideal para ajudar startups a enfrentarem todos estes e outros desafios de um novo negócio. O Acelera+ consiste em um programa de aceleração com mentorias, acesso a investidores, programas internacionais, aceleração personalizada e parcerias com outros programas.  

 

Decole! Venha para a Rede+!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Rede+ realiza o Baanko Challenge Salvador 2016

Ter, 25 Out 2016

Entre os dias 19 de novembro e 10 de dezembro, a Rede+, em Salvador, realiza o Baanko Challenge, um Programa de Pré-Aceleração Colaborativa que visa desenvolver comunidades e identificar Projetos Sociais de Impacto (PSI). O Baanko é baseado nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e é voltado para empreendedores, organizações com ou sem fins lucrativos, grupos e coletivos da sociedade civil.

Pela primeira vez em Salvador, o evento tem como objetivo reunir ideias e selecionar até 17 projetos de negócio de impacto que tenham o potencial de transformar comunidades e a sociedade em geral. Ao longo destas três semanas, os participantes selecionados estarão imersos em seus negócios de impacto junto com os 17 mentores que orientarão os projetos ao longo da capacitação.

Além de ser um excelente espaço para o aprendizado e desenvolvimento do seu negócio em um ambiente de compartilhamento de ideias, que é o Coworking da Rede+, o Baanko Challenge também fará uma avaliação e premiará os três melhores projetos capacitados. A avaliação é baseada em critérios como inovação, qualificação técnica e potencial de geração de impacto.

O programa divide-se em 04 etapas: Desafio, Pitch, Palestra e Minicurso. O Desafio consiste na construção de uma plataforma utilizável para resolver um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O Pitches é o momento para apresentação da ideia ou projeto. As Palestras estimularão a motivação empreendedora dos participantes. Já os Minicursos serão um espaço para que profissionais compartilhem e aprendam técnicas.

Ao longo das três semanas, um cronograma de aceleração com vários encontros para o desenvolvimento dos projetos também estão previsto. É necessário ter disponibilidade para participar das atividades que acontecerão na sede da Rede+, na Vila da Barra.

Para ser um dos participantes e ter mais informações, os interessados devem acessar o site http://www.baanko.com/Salvador/2016/ e preencher o formulário de inscrição até o próximo dia 16 de novembro. O evento é gratuito.

 

Por que participar: 

1. Oportunidade de acelerar seu negócio; 

2. Aprender metodologias de montagem de projeto que já apoiaram milhares de empreendedores no mundo; 

3. Mentores prontos para lhe ajudar a desenvolver seu negócio; 

4. Palestras imperdíveis; 

5. Premiação da Baanko Challenge que apoiará seu projeto; 

6. Oportunidade de networking e pitch;

7. Divulgação do seu projeto; 

8. Ambiente propício ao compartilhamento de ideias.

 

Traga a sua ideia e potencialize seu negócio!

Serviço: Baanko Challenge Salvador 2016

Data: 19 de novembro a 10 de dezembro

Inscrições:  http://www.baanko.com/Salvador/2016/

Valor: Gratuito (vagas limitadas)

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

4 motivos para fazer networking com seus pares e não apenas mentores

Qui, 20 Out 2016

Quase que instintivamente, a maioria de nós tem a tendência em fazer networking com nossos mentores ou aquele profissional que admira e já se relaciona. Isto é completamente natural, levando em consideração o desejo de conseguir uma promoção, ter ou manter o bom contato para o próximo negócio.

Contudo, a Rede+ apresenta quatro motivos para fazer você repensar suas estratégias de networking e não limitar sua rede apenas naqueles mentores ou profissionais inspiradores. Fazer networking com seus pares, ou profissionais na mesma posição, pode ser tão, ou mais, vantajoso e enriquecedor quando mirar em seus mentores. Confira!

 

1. Compartilhamento

Mantenha canais de comunicação aberto com seus pares. Qual foi a última vez que saiu com eles? Marque almoços, um café ou um lanche para trocar ideias e se atualizaram sobre seus respectivos negócios. Fale sobre seus projetos, mas também escute e troque informações. O engajamento mútuo entre as duas partes pode ser uma importante estratégia para desenvolver negócios e compartilhar oportunidades e insights, além de se divertir. Os eventos da Rede+ são excelentes oportunidades para conhecer novos pares e exercitar seu networking.

Confira a nossa agenda no site:

http://www.gruporedemais.com/

 

2.Saia da caixa

Se você está buscando novas ideias, seus amigos são a melhor fonte de informações e experimentações. E não estamos nos referindo apenas aos amigos mais recentes e da faculdade. Saia da caixa. Procure os amigos da escola, porque eles têm diferentes formações, vivências e círculos sociais. Eles têm diferentes trajetórias e a bagagem deles certamente pode lhe ajudar a despertar novas perspectivas e abordagens para o seu projeto.

 

3.Questione

Tão importante quanto formar e remontar redes de relacionamento é saber trabalhar esta rede a seu favor. Seus pares tem origens completamente distintas e cada um deles pode abordar um assunto por diferentes caminhos. Por isso, antes de mais nada, defina estrategicamente qual e como vai fazer aquela pergunta essencial para obter aquela informação  ou opinião importante para o seu projeto. Uma pergunta bem feita pode abrir caminhos inesperadamente maravilhosos.

 

4.Realidade mais próxima

Ao fazer networking com seu mentor, dificilmente você terá acesso aos desafios e erros cometidos por ele ao longo da carreira que podem ser enriquecedores para você. Caso tenha acesso, talvez não possa comparar com sua realidade atual já que todo o contexto atualizou-se, Neste caso, o contato com pessoas de sua idade, com mesmo tempo de marcado, negócios semelhantes ou com trajetórias semelhantes podem ser importantes para que possa aprender com as falhas deles, muito mais próximas de seu contexto. Neste caso o FuckUp Nights é estratégico para aprender com as falhas de outros empreendedores. Confira nossa última edição:

http://www.gruporedemais.com/blog/artigo/fuckup-nights-salvador-v2/

 

Conheça novos pares. Venha para a Rede+!

                                                                      

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Ter, 18 Out 2016

Realizada desde 2004, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) que incentiva os estados brasileiros a promoverem atividades voltadas à divulgação e valorização das áreas. Em sua 13ª edição, a SNCT acontece entre os dias 19 e 22 de outubro, e traz o tema: “Ciência Alimentando o Brasil” e conta com uma programação extensa na cidade de Salvador. 

A SNCT é um incrível instrumento de popularização da ciência, uma forma de vitrine para apresentação de resultados e atração de investimentos para o desenvolvimento da área; além de motivar e mobilizar a população de forma geral e atrair as atividades de ciência, tecnologias e inovação, de forma positiva e prática na vida das pessoas.

A Rede+ é uma rede de espaços colaborativos para o desenvolvimento empreendedor. E, claro!, que não poderíamos ficar de fora da programação da SNCT. Planejamos uma agenda diversificada com eventos voltados às áreas de empreendedorismo, inovação e criatividade, que acontecerão no SENAI CIMATEC dentro da programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Salvador (BA). Confira:

 

Participação das Startups Aceleradas na Rede+ em palestras

Data: 19 de outubro (quarta-feira)

Horário: 10h às 11h

Local: SENAI Cimatec na Av. Orlando Gomes, 1845, Piatã – Salvador, BA.

Participação de duas startups – SDW (Safe Drinking Water) e Onde Fui Roubado - que realizaram o programa de aceleração Unreasonble Lab da Rede+- na palestra “A sua empresa é uma startup?”, contando um pouco sobre esses modelos de negócio ligados à inovação.

 

Pitch Day

Data: 19 de outubro (quarta-feira)

Horário: 15h às 17h30min

Local: SENAI Cimatec na Av. Orlando Gomes, 1845, Piatã – Salvador, BA.

Workshop para capacitação de pitches para venda de negócios. Os participantes terão acesso a orientações da área de marketing, oratória e negócios. O workshop é interativo, onde todos participam com sugestões, insights e ajustes durante a oficina. A metodologia é dividida em três momentos principais: 1. Apresentação; 2.Metodologia e 3. Dinâmica/Lab. 

 

Palestra: Economia Colaborativa

Data: 20 de outubro (quinta-feira)

Horário: 16h

Local: SENAI Cimatec na Av. Orlando Gomes, 1845, Piatã – Salvador, BA.

O CEO da Rede+, Rodrigo Paolilo, integrará o painel que aborda a nova face da economia mundial: Negócios Colaborativos e seu impacto na sociedade atual.

 

Já no MAKER SPACE, a Rede+ terá um estande próprio que conta com programação especial e reúne ferramentas e metodologias de prototipagem, além de laboratórios.

 

Rede+ Experience: Desafio Colaborativo

Data: 20 de outubro (quinta-feira)

Horário: 17h30min

Local: SENAI Cimatec na Av. Orlando Gomes, 1845, Piatã – Salvador, BA.

Um desafio onde os participantes contribuirão para resolver problemáticas reais de algumas startups convidadas de forma colaborativa dentro de uma metodologia dinâmica e descontraída utilizando ferramentas de design thinking.

 

Quer ficar por dentro de toda a programação da SNTC? Acesse: 

http://www.secti.ba.gov.br/snct/ 

 

Interessado(a) em Inovação, Ciência ou Tecnologia? Venha para a Rede+!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

Rede+ realiza curso de Modelagem 3D em Aracaju

Qui, 13 Out 2016

A Rede+ Aracaju iniciará no dia 25 de outubro, o Curso de Modelagem 3D destinado para todas as pessoas que desejam aprender a modelar 3D e utilizar de maneira correta o recurso. Este será ministrado por Igor Lopes, designer gráfico, que atualmente trabalha como modelador 3D.

Com um total de 40h, os alunos conhecerão os principais recursos de modelagem através de ferramentas de deformação, revolução e replicação, onde serão desafiados a utilizá-las em exercícios práticos, processos básicos de criação de materiais, texturização e projeções, bem como modelos inorgânicos (simples e detalhados) e orgânicos (personagens).

O curso de Modo 3D foi desenvolvido para profissionais que querem fazer a diferença e atuar na área de 3D como: arquitetos, desenhistas, designers, projetistas, área de criação de imagem 3D como fotografia, games e multimídia. O software é um dos mais inovadores do mercado para pintura e renderização 3D e vem conquistando espaço em pequenas produtoras e grandes produções cinematográficas por sua qualidade final.

As aulas acontecerão em dois horários distintos, todas as terças e quintas. A primeira turma das 15h às 16h30 e a segunda turma das 19h às 20h30. O investimento do curso é de R$ 1.000 (hum mil reais), com desconto de 10% para estudantes e pagamentos à vista. O aluno terá acompanhamento individual e certificado. As vagas são limitadas! Seja o melhor, corra e faça logo a sua inscrição!!

 

Serviço:

Curso de Modelagem 3D

Data: a partir de 25.10, todas as terças e quintas.

Horário: Turma A - 15h às 16h30 e Turma B – 19h às 20h30

Público-alvo: estudantes, arquitetos, desenhistas, designers, projetistas, área de criação de imagem 3D (Still), fotografia, games ou multimídia.

Inscrições limitadas aqui

Saiba mais sobre nossos cursos e oportunidades, contate-nos!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

8 lições que todo empreendedor deve aprender com as crianças

Ter, 11 Out 2016

Aquela fase inicial da vida, em que tudo é novidade, pode revelar grandes lições para o empreendedor. As crianças podem ensinar muitas abordagens e posturas úteis para o dia-a-dia do empreendedor em seu trabalho. Duvida?

A birra, o choro, a curiosidade, as traquinagens e as brincadeiras são momentos importantes para o desenvolvimento infantil, segundo qualquer profissional que trabalha com crianças. Mas, estas ações dos pequenos podem nos ensinar a como se portar e administrar a rotina de trabalho, sobretudo para os novos empreendedores. Como negociar, a importância do arriscar e a criatividade são apenas algumas lições implícitas nestas ações.

Nesta véspera de Dia das Crianças, 12 de outubro, a Rede+ preparou uma lista com as 8 principais lições que todo o empreendedor deve aprender com os pequenos. Confira as dicas e aprenda com eles o mais rápido possível.

1.Criatividade

A imaginação de uma criança é uma fonte de criatividade sem limites, mesmo com um repertório ainda em formação. Aquela brincadeira com faz de conta ou a interpretação deles sobre uma história infantil, nos mostram a importância do pensar fora da caixa, sem os preconceitos e ideias limitantes que já estão inertes à nossa vivência, assim como na cultura de uma empresa.

2.Honestidade

Costumamos dizer que os pequenos ainda são isentos de determinados “filtros”. Dizem o que sentem, da maneira mais simples, e sem intenção de ofender. É preciso ser sincero e honesto na rotina diária de um empreendimento e com a delicadeza de uma criança, embora saibamos que, enquanto adultos, precisamos de alguns filtros para algumas abordagens.

3.Perseverança

Elas sabem negociar uma vontade como ninguém. Não desistem fácil. Usam diversos artifícios até conquistarem aquele sorvete de chocolate ou o algodão doce vendido na praça. Se não for agora, pode ser daqui a pouco ou amanhã, mas elas sabem que vai acontecer. No mundo dos negócios, é preciso ter estratégias traçadas para conquistar determinada meta com sucesso. Negocie, insista e tente novamente. Faça acontecer.

4.Curiosidade

As crianças passam pela fase de pegar todos os objetos ao alcance de suas mãos para explorar todas as suas possibilidades de texturas, aromas, sabores e formas. Depois perguntam sobre tudo e nos colocam em muita “saia justa”! A rotina empreendedora exige dos seus membros uma postura questionadora e que busque durante todo o tempo novas informações e conhecimentos sobre tudo o que acontecer ao redor do negócio. Pesquisar, questionar, indagar, e sem cansar. 

5.Aprendizes

Esta postura questionadora está ligada ao fato das crianças estarem em constante processo de aprendizado. Elas aprendem a falar, ler, escrever e contar, com muito mais facilidade em relação aos adultos. Se não temos mais a capacidade de aprender com tanta velocidade quanto os pequenos, nós, empreendedores, precisamos estar sempre tão dispostos quanto eles a buscar novos cursos e especializações para nosso desenvolvimento intelectual.

 

6.Arriscam-se

As crianças não têm medo de nada. Arriscam-se por diversos momentos do dia em busca de matar a curiosidade ou apenas para o aprendizado próprio. Cada travessura está recheada de riscos aos quais os adultos tentam evitar que elas passem para não se machucarem. Empreendedores precisam adotar uma postura de assumir riscos calculados para terem sucesso em seu negócio. Assim como cada travessura de criança, cada tomada de decisão pode levar a aprendizados e resultados muito importantes.

7.Divertem-se

Uma das principais razões de qualquer atividade empreendedora tem que ser a diversão. Um ambiente realmente empreendedor não fica preso às amarras da rigidez que torna a execução do trabalho tedioso e muitas vezes com resultados inferiores. A diversão, que ajuda a tornar a atividade de aprendizado de uma criança mais fluida, exerce o mesmo papel na atividade empreendedora.

 

8.Mente aberta

A pureza de uma criança permite que ela se relacione com empatia com as pessoas sem definição de critérios pré-concebidos. O preconceito não está presente nesta fase e com isto, o tratamento delas com pessoas e ideias que são diferentes é muito mais honesto. Esta lição é uma daquelas que o empreendedor deve levar para vida. Olhar para o diferente com o respeito que ele merece.

Viu quanta coisa para aprender com as crianças? Então, corra para curtir o Dia 12 de Outubro com elas e aprenda muito mais!

 

Quer saber mais sobre as habilidades necessárias para os empreendedores? 

Confira: 

http://www.gruporedemais.com/blog/artigo/10-habilidades-essenciais-para-o-empreendedor-de-2020/ 

 

Ou Contate-nos!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Criar Conexões ou fazer Networking?

Qui, 06 Out 2016

Fazer networking é uma atividade fundamental para o sucesso de um empreendedor. A tarefa não é tão fácil e algumas barreiras precisam ser vencidas para a construção da sua rede com públicos de interesse para o bom desenvolvimento do seu negócio.

 

Pensando nisso, a Rede+ ouviu parceiros e clientes e descobriu que todos eles apontaram para a mesma direção: é preciso ir além do networking e construir relacionamentos com seus públicos de interesse. Mas, como fazer isto? 

 

Confira as dicas compartilhadas pelos integrantes de nossa comunidade para você ir além do networking e criar uma verdadeira conexão com seus públicos:

 

1.Escolha o evento estrategicamente

 

Eventos, cursos, oficinas e workshops são excelentes momentos para construir novos relacionamentos com novos públicos, contudo é preciso ser seletivo na hora da escolha. Pesquise qual o público-alvo do evento, quem está promovendo, qual o local e hora para tentar prever quem estará presente. Um evento em data/horário pouco atrativo ou com palestrantes e mediadores de proeminência mediana pode não atrair público de nível mais elevado, com os quais gostaria de estar em contato.

 

2. Passe uma boa impressão

 

Ir para todos os eventos e tentar ser excessivamente simpático com todos os presentes pode passar uma imagem de desespero. Lembre-se que a primeira impressão é um elemento de fundamental importância para a formação da imagem que seu interlocutor fará sobre você e uma imagem ruim custa a ser desfeita. Por isto, procure estar em equilíbrio visual com os seus pares (sem perder seu estilo próprio, óbvio). E acima de tudo seja educado e elegante.

 

3. Não seja tímido

 

Nem a extravagância, nem a timidez são benéficos na hora de fazer novos relacionamentos. Quebrar o gelo inicial da conversa pode ser uma grande barreira para muitos, mas é preciso enfrentar este medo. Vá atrás daquela pessoa importante para o seu negócio, se apresente, faça um elogio sobre sua palestra ou atuação da sua empresa no mercado. Comente sobre um ponto do evento, insira algo sobre sua empresa na conversa de modo rápido e peça a opinião dele. Seja objetivo porque a conversa pode ser curta e, se esforce para ser bem humorado. Se tiver mais tempo, pode até expandir a conversa para além do evento para firmar mais o contato.

 

4. Troque cartão de visitas

 

O momento da troca de cartões também é extremamente sensível na formação deste primeiro vínculo. Torne este momento agradável para que ele remeta a uma boa lembrança. Prepare um bom material para ser entregue e que se destaque entre as dezenas de cartões de visitas que recebemos durante um evento. Conteúdo e design devem funcionar em harmonia. O cartão deve informar sucintamente sobre você e sua empresa, além de trazer seus contatos. E não se esqueça, guarde com bastante cuidado todos os cartões que receber.

 

5. Faça follow up

 

Terminado o evento, a tarefa de criar conexões apenas começou. Não deixe o contato inicial ficar restrito naquele momento, nem fique esperando até o próximo evento. No dia seguinte, se possível, envie um e-mail agradecendo pela conversa ou dica. Se a conversa resultou na promessa de troca de materiais, no e-mail lembre seu interlocutor sobre o material prometido. Outra possibilidade é a marcação de uma reunião mais formal no ambiente de trabalho para uma apresentação ou uma negociação mais direta, se houver essa abertura na conversa.

 

6. Explore as redes sociais

 

Utilize as redes sociais para prolongar este contato e transformá-lo em um relacionamento, mais duradouro. No entanto, é preciso bom senso na escolha de qual rede social para adicioná-lo. Em algumas áreas, o Facebook é uma rede social muito pessoal, portanto, talvez seja melhor buscar inicialmente o LinkedIn. Caso ele não tenha um perfil nesta rede, você pode adicioná-lo no Facebook e buscar a fanpage da empresa. Nestes casos, tenha cuidado ao usar sua página pessoal para passar uma boa imagem (Dica 2). É preciso ser educado e elegante nas redes sociais também. Utilize-as para postar fotos sobre o evento que participou ou com seus novos contatos também, se eles permitirem, mas não exagere. 

 

 

 

Precisando de dicas para ser um profissional mais criativo?

 

Spoiler: Ampliar a sua rede e criar conexões é uma delas!

 

http://www.gruporedemais.com/blog/artigo/como-ser-um-profissional-criativo/

 

 

 

Conecte-se com a gente!

 

 

 

Rede+ Aracaju/SE

 

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

 

(79) 3022-0711

 

aracaju@gruporedemais.com

 

 

 

Rede+ Salvador/BA

 

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Conheça as startups selecionadas para o Unreasonable Lab Salvador

Qua, 05 Out 2016

Nas próximas semanas, a Rede+, realizará pela segunda vez o Unreasonable Lab Brasil em Salvador. O Grupo, que foi criado para proporcionar o desenvolvimento dos empreendedores no Brasil, mais uma vez se diferencia oferecendo programas internacionais de aceleração para Startups de Impacto Social. 

 

O Unreasonable Lab Brasil é um programa de hiperaceleração para negócios de impacto social. Serão cinco dias de capacitação desenvolvidos para empreendedores brasileiros que estão abordando problemas sociais e ambientais. Este laboratório desenvolvido pelo Unreasonable Institute, maior referência mundial neste setor, e liderado no Brasil pela Rede+ (único e principal parceiro no país), pretende ajudar os empreendedores a identificar e validar rapidamente os pressupostos fundamentais de seus negócios. 

 

Confira abaixo os nove projetos selecionados e um breve resumo sobre seu potencial de inovação.

 

Cosol

Empresa que possibilita o mercado virtual de usinas compartilhadas, no qual consumidores de energia, investidores de lotes solares, donos e terrenos e desenvolvedores de usinas podem se encontrar. É possível escolher um lote de acordo com determinado consumo e gerar de forma remota e compartilhada energia renovável.

https://www.cosol.com.br/ 

 

Doc-Expõe

Criada para gerir o Inventário de bens móveis e integrados do Estado da Bahia e para mapear os acervos históricos destes bens a Doc-Expõe é a primeira empresa do Norte-Nordeste dedicada a oferecer serviços em documentação corporativa, museologia, expografia e projetos culturais.

http://doc-expoe.web1611.kinghost.net//

 

Donatte

Iniciativa que oferece soluções que envolvem consciência colaborativa, negócios conscientes e propostas sustentáveis que estimulam doações às instituições de bem estar social através de um marketplace que reverte lucros para causas sociais.

http://donatte.com/ 

 

Istudent – Virtual Environments

Plataforma que agrega materiais estudantis e oferece diversos serviços como postagem de documentos em diversos formatos, download, interação com outras salas e uma rede social estudantil. Além disso, tarefas burocráticas do dia-a-dia também são facilitadas como a entrega de documentos e planilhas via aplicativo, reunião em vídeo chamada, entrevistas de emprego com vídeo chamada, entre outros.

http://istudent.com.br/ 

 

Meu Voto

Plataforma gratuita e apartidária que permite a integração entre o cidadão e seu representante político. A ferramenta visa criar uma democracia representativa com atuação de eleitores durante do período eleitoral e no mandato onde é possível encontrar um representante a partir do seu perfil e convicções, acompanhar as suas ações durante o mandato e orientar o voto do seu candidato de como você gostaria de ser representado.

http://meuvoto.info/home 

 

Onde Fui Roubado

O aplicativo tem como fundamento o monitoramento de crimes por meio da colaboração das vítimas de assalto em mais de 930 cidades brasileiras. As vítimas registram em um mapa colaborativo a ocorrência e podem ajudar órgãos de segurança pública e a própria população a evitar ou ter mais cuidados em determinadas regiões. É possível denunciar o crimes, visualizar o que acontece perto de você e receber notificações referentes a seus locais preferidos ou mais frequentados. 

http://www.ondefuiroubado.com.br/ 

 

PLab! Laboratório de Fabricação

Com ênfase em reutilização de plástico como matéria-prima, o laboratório oferece para estudantes e profissionais de arquitetura, design e engenharia um espaço estruturado como maquinários e voltado para prototipagem e desenvolvimento de novos produtos. Propõe também o desenvolvimento de móveis e objetos baseados em smart design (móveis inteligentes com múltiplas funcionalidades).

 

Safe Drinking Water For All

Esta startup socioambiental baiana tem como objetivo fornecer ferramentas acessíveis e eficientes para comunidades de baixa renda por meio do desenvolvimento de soluções que permitem o tratamento de água através da luz ultravioleta do sol. A primeira solução em estágio de desenvolvimento é a “Aqualuz” um dispositivo para desinfecção solar da água a ser instalado de maneira fácil em cisternas e reservatórios de comunidades carentes dos sertão nordestino.

http://sdwforall.com.br/

 

SKLL Biotech

A startup tem como objetivo encontrar uma melhor estratégia para diagnosticar a deficiência de micronutrientes.

http://skllbiotech.wixsite.com/skllbiotech 

 

Quer validar sua ideia e aprender com os insucessos alheios?

Inscreva-se no FuckUp Nights 

Na próxima terça-feira, dia 11 de outubro, vai rolar a 3ª Edição do FuckUp Nights com empreendedores que compartilharão seus insucessos e, principalmente, aprendizados  de negócios que não deram tão certo assim... 

FuckUp Nights Vol.3

O quê? FuckUp Nights Salvador Volume 3

Onde? Grupo Rede+ Salvador, Vila da Barra - Avenida Sete de Setembro, 3959. 

Quando? 11/10 terça-feira 

Que horas? A partir das 19h.

Evento Gratuito. 

 

Acelere com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

10 habilidades essenciais para o empreendedor de 2020

Qui, 29 Set 2016

O Fórum Econômico Mundial publicou recentemente seu relatório Future Jobs (Futuro do Trabalho) e apontou as tendências das novas formas de trabalho no início da próxima década. Colaboratividade e foco em apresentar soluções para desafios são alguns destaques apontados pelo relatório.

Entre os modelos de negócio mais impactantes estão aqueles direcionados a tratar de mudanças climáticas e recursos naturais; trabalho flexível, novas fontes de energia e tecnologia; entre outros. Questões ambientais e as novas relações de trabalho com a economia colaborativa ganham cada vez mais espaço. Segundo o próprio Fórum, o profissional do futuro precisará ter uma visão mais transdisciplinar para entender melhor as demandas e apresentar soluções de sucesso nos negócios. Buscam-se pessoas resolutivas!

A Rede+ traz para você o top 10 das habilidades para o empreendedor e profissional de 2020:

1. Resolução de problemas complexos

2. Pensamento Crítico

3. Criatividade

4. Gestão de Pessoas

5. Coordenação Compartilhada

6. Inteligência Emocional

7. Tomada de Decisão

8. Orientação de Serviços

9. Negociação

10. Flexibilidade Cognitiva

 

Os parceiros e clientes da Rede+ relatam com frequência que é muito importante que empreendedores e trabalhadores tenham equilíbrio emocional e lidem bem com a pressão por resultados com a concorrência na sociedade atual. Por conta disso, qualidades psicológicas, como os pontos 6 e 10 (Inteligência emocional e Flexibilidade Cognitiva), serão tão fundamentais no trabalhador de 2020.

Outra habilidade importante diz respeito ao desenvolvimento intelectual deste trabalhador. Desde o ponto de vista técnico, exigido para resolver problemas, coordenar equipes e trabalhos e tomar decisões, até uma qualidade mais difícil de ser caracterizada porque está ligada ao perfil deste trabalhador. Habilidades comunicacionais que ajudarão este profissional a defender suas ideias por meio de argumentos que convencerão toda a equipe estão envolvidos nos pontos 2, 4, 5, 7, 8 e principalmente o 9 (Negociação).

A Criatividade foi a habilidade que mais saltou entre 2015 e a previsão de 2020, segundo o relatório do Fórum. Saiu do 10º lugar para o 3º. De fato, esta é uma qualidade que cada vez mais tem sido exigida no mundo dos negócios e fora dele também. Ser criativo, ter ideias (já falamos sobre isso aqui confira em: http://www.gruporedemais.com/blog/artigo/como-ser-um-profissional-criativo/ ) e ser inovador já são aspectos que têm diferenciado muitos profissionais e empresas no mercado.

Já sabe por onde começar a desenvolver estas habilidades? Não esqueça de colocar na sua lista que acompanhar as postagens da Rede+ é uma ótima chance de se manter atualizado!

 

Quer saber mais sobre o Futuro do Trabalho?

Confira o workshop que rolou na Rede+:

http://www.gruporedemais.com/blog/artigo/o-futuro-do-trabalho-e-a-liberdade/

 

Ou Contate-nos!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

4 motivos para explorar a economia colaborativa

Ter, 27 Set 2016

Mais do que vantagens econômicas, as empresas colaborativas, como Über, Airbnb ou Couchsurfing, oferecem diversos benefícios em seu novo formato de economia. A Economia Colaborativa tem ganho cada vez mais espaço na nova geração de pessoas que buscam otimizar nossa relação com a compra de bens e serviços.

 

Um carro que passa a maior parte do dia parado na garagem ou no estacionamento. Um sinal de WiFi que pode ser aproveitado por mais alguns dispositivos sem alterar sua performance. Ou um escritório de trabalho cheio de espaços ociosos. Estes são exemplos cotidianos, que repensados, já são adaptados para novos formatos com uma produção e consumo mais consciente, reduzindo custos e potencializando resultados não só para os envolvidos, mas para toda a sociedade.

 

As vantagens para a adoção da economia colaborativa como uma estratégia para o desenvolvimento de sua empresa são inúmeras e vão desde um processo de produção mais consciente até a redução de custos para o consumidor final. A Rede+ selecionou os quatro principais benefícios apontados pelos nossos parceiros e clientes deste novo modelo econômico.

 

1. Preços baixos e oferta de serviço e produtos

Uma das principais vantagens apontadas por quem adota a economia colaborativa em seu negócio ou na hora de adquirir um produto ou serviço é o fator econômico. Os preços das corridas do Über são extremamente mais baratas do que as de um táxi convencional. O coworking da Rede+ ou as salas privativas de reunião em Salvador ou em Aracaju são mais econômicas aos empreendedores do que o aluguel de um escritório e toda sua estrutura física interna nas respectivas capitais. Portanto, tanto para quem busca desenvolver seu próprio negócio, quanto para os consumidores do século XXI, a economia colaborativa tornou-se uma boa forma de economizar e potencializar os resultados, ou as compras.

 

2.Melhor qualidade e foco no cliente

O trabalho baseado na dinâmica da colaboratividade terá quase sempre uma qualidade melhor, uma vez que reúne as melhores ideias. Outro aspecto é um atendimento que terá o cliente no centro de todo o trabalho. A qualidade e o foco no cliente é o que dá a economia compartilhada uma vantagem em relação aos serviços e produtos tradicionais. Esta filosofia empresarial acaba sendo um concorrente de peso no mercado e com muitas vantagens para o consumidor. Aqui na Rede+, fomentamos nossos parceiros e clientes a adotar a prática da economia colaborativa e a colecionar bons resultados.

 

3.Uso inteligente de um serviço ou produto

Por trás desta vantagem apontada pelos nossos parceiros e clientes estão duas ideias que se complementam: o uso eficiente e sem desperdício de produtos ou serviços. Por que gastar tanto na compra de um serviço que só será utilizado por poucas horas por dia? Por que não compartilhar estes custos e o uso com uma empresa parceira? Espaços de coworking, como o da Rede+, têm como base este pensamento: o uso inteligente do espaço e com muito valor agregado. Por aqui, nossos clientes de diversas empresas podem usufruir de um ambiente totalmente estruturado para receber seus próprios clientes e executar seu trabalho de modo eficiente.

 

4.Expandir: novas pessoas e novas ideias

A economia compartilhada permite também o contato com novas pessoas, novas culturas e novas ideias. Este é um dos principais ganhos da adoção deste tipo de estratégia para empresas ou apenas no seu dia-a-dia de consumo de produtos ou serviços. Pessoas que usam aplicativos como o Airbnb, por exemplo, podem interagir, trocar opiniões antes da viagem, e depois, podem formar novos laços de amizade com os donos do imóvel e até com outros turistas que utilizaram também o aplicativo. Na Rede+, além dos cursos e eventos para integração dos nossos parceiros e clientes, temos espaços como o café e nosso Happy Hour, que permitem a troca de ideias e aquela conexão com outras pessoas.

 

Quer saber mais sobre ambientes colaborativos? Contate-nos!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

6 motivos para empreender no coworking da Rede+

Qui, 22 Set 2016

Ser empreendedor na sala de casa pode não ser uma boa ideia para o desenvolvimento do negócio. Partir para o aluguel de um espaço pode não ser viável financeiramente ou pode parecer precipitado. 

Então, a pergunta que surge é: Qual a melhor opção para gerir e potencializar meu negócio?

 

A resposta para esta pergunta é simples, viável financeiramente e resulta em outras vantagens para quem está se lançando na vida de freela ou abrindo um negócio. Espaços de coworking, como o do Grupo Rede+, são a melhor solução para desenvolver seus jobs. Listamos abaixo 06 razões para você, empreendedor, trazer seu negócio para a Rede+.

 

1.Localização privilegiada

Espaços de coworking estão bem localizados na cidade, geralmente facilmente acessíveis ou próximos dos seus clientes. O coworking da Rede+ Salvador, por exemplo, está localizado na Vila da Barra, uma das regiões mais belas e valorizadas da cidade, com a melhor infraestrutura que a cidade permite. Já a Rede+ Aracaju, bem no centro da Praça Getúlio Vargas, tem excelente acesso, variedade de restaurantes e pertinho de vários outros serviços e comércio local.

 

2. Estrutura 

As salas privativas ou as áreas compartilhadas têm tudo o que você precisa em termos de estrutura e ambiente para trabalho. Espaços de coworking estão acostumados a acolher bem empreendedores das mais diversas áreas e podem indicar outros serviços que certamente sua empresa vai precisar. A Rede+ dispõe ainda de um portifólio de serviços complementares que dará todo suporte às principais necessidades do seu negócio. 

 

3. Economia 

Que tal ter como endereço de trabalho uma das áreas mais privilegiadas da cidade, onde os aluguéis de salas de escritórios são normalmente altos, mas onde você pagará bem pouco? Com o ambiente compartilhado e uso inteligente dos espaços, o coworking acaba sendo bastante benéfico para quem quer ter uma boa estrutura e localização e investir pouco. Todos os serviços são inclusos como endereço comercial, secretaria, telefone para recados, energia, internet rápida, segurança, limpeza; em ótimas instalações e com muito conforto. Estes e outros serviços são agregados a depender do seu pacote. Conheça nossos planos! 

 

4. Networking

Um dos maiores benefícios do coworking é a rede de relacionamentos a qual você terá acesso durante o trabalho. Precisa de um contador, um designer ou um programador? É só olhar para o lado que rapidamente encontrará alguém para fazer o serviço. O contrário também é válido. Seu próximo cliente pode ser alguém que está na cadeira ao seu lado. A Comunidade Rede+ agrega todas as empresas, startups, empreendedores e parceiros que fazem parte do Coworking em um coletivo de ideias, insights e oportunidades. 

 

5. Compartilhamento

Trabalhar em comunidade de modo a compartilhar ideias só é possível estando em espaços de coworking como a Rede+. Já presenciamos muitas inovações e parcerias surgindo em nosso ambiente de colaboração ou em simples encontros até no nosso café. A nossa biblioteca e o espaço colaborativo e compartilhado serão fundamentais para aumentar o seu repertório criativo e gerar novos negócios e soluções aos seus desafios. Sem falar dos nossos eventos como o FUN - FuckUp Nights (Conheça http://fuckupnights.com/salvador/) ou nosso momento Happy Hour! 

 

6. Lifestyle único

Trabalhar é uma necessidade, mas foi o prazer em trabalhar em algo que acredita que lhe motivou a empreender. Assim como o Grupo Rede+! Portanto, na árdua rotina empreendedora, o estilo de vida proporcionado deve ser uma importante variável no processo de escolha de um coworking. O seu espaço de trabalho precisa ter uma atmosfera divertida, leve e propícia ao surgimento e desenvolvimento de ideias. Neste ponto, a Rede+ ganha de modo disparado. Mais do que um ambiente exclusivo de trabalho, somos uma empresa de inovação em constante criação e evolução. Isso nos permite um lifestyle único, com uma localização privilegiada geograficamente, uma paisagem deslumbrante e uma cultura organizacional de colaboração e compartilhamento.

 

Ainda tem dúvidas sobre empreender na Rede+? Contate-nos!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

O que empreendedores podem aprender com o esporte paralímpico?

Ter, 20 Set 2016

fonte da imagem

Os atletas paralímpicos demonstraram nas últimas duas semanas de Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro porque são heróis de primeira grandeza. Enfrentam as limitações do corpo e as dificuldades do dia a dia com maestria, vencem os obstáculos com sorriso no rosto e dão um novo sentido à palavra conquista. 

Muito mais do que um evento que expande o espaço para que os paratletas possam competir e mostrar suas habilidades, os Jogos Paralímpicos são uma oportunidade de revermos nossas formas de viver em sociedade, nossos preconceitos e de aprendermos muito como lidar com as dificuldades e as diferenças. A Rede+ preparou uma lista com as lições que os empreendedores podem tirar com o esporte paralímpico.

 

1. Respeito

Esta é daquelas lições que mais do que na rotina de um negócio serve para ser posta em prática na vida em sociedade. O respeito às diferenças é uma das mensagens mais importantes dos Jogos Paralímpicos. Os atletas paralímpicos e pessoas com deficiência têm suas limitações e elas precisam ser levadas em consideração em todos os ambientes, como na hora de estruturar arquitetonicamente um imóvel, por exemplo. Todos nós temos habilidades e limitações específicas que devem ser reconhecidas e valorizadas e nosso cotidiano deve ser ajustado de forma a nos auxiliar nestes desafios.

 

2.Perseverança

Um atleta paralímpico precisa acreditar bastante em suas habilidades e persistir nos treinos mesmo diante de tantos obstáculos que lhes são impostos a todo o momento na sua rotina. Da falta de acessibilidade nas cidades até a dificuldade de encontrar espaços para treinamento, são vários os motivos para desistir. Contudo, esta palavra não faz parte do vocabulário de um paratleta, nem deve fazer parte do vocabulário de um empreendedor. É preciso ter perseverança e acreditar no negócio, embora diversas dificuldades apareçam no caminho como as questões burocráticas, por exemplo.

 

3. Rotina

A rotina de treinamento de um paratleta é extremamente exaustiva. Além disso, muitos deles precisam passar por tratamentos para fortalecimento de determinadas partes do corpo ou até mesmo para tornar a vida mais autônoma. Sem uma programação bem rigorosa não é possível formar um paratleta. O empreendedor também precisa ter uma agenda muito bem organizada e ser disciplinado para vencer a quantidade de tarefas diárias que tem na rotina da empresa, com qualidade e produtividade. No entanto, tão importante quanto planejar tudo em sua agenda ou caderninho de atividades é executar a risca as atividades sem procrastinação.

 

4.Criatividade

Os paratletas e suas equipes são muito flexíveis e criativos na hora de vencer ou lidar com as limitações. Inovações disruptivas ou pequenas adaptações nas cadeiras de rodas e recursos de sinalização para os atletas na natação, por exemplo, são muito importantes para que eles possam competir. No jogo empresarial, a criatividade e a flexibilidade também são elementos importantes para o sucesso de um negócio. É preciso ser inovador não apenas na apresentação do produto ou serviço final, mas desde a fase captação de clientes até o pós-venda e fidelização.

 

5.Trabalho em equipe

O esporte paralímpico é um dos exemplos mais belos de como o trabalho em equipe ajuda a superar barreiras. Seja nas provas de atletismo, natação ou futebol para deficientes visuais, ou ainda no vôlei e basquete, o trabalho em grupo funciona de modo sinérgico para alcançar a meta: vencer. Uma microempresa, mesmo que seja uma empresa de apenas um funcionário, depende do trabalho em equipe para seu bom funcionamento. Precisamos de clientes, fornecedores e prestadores de serviços, colaboradores, aos quais não dominamos muitas vezes seus processos, para obtermos sucesso e vencermos os desafios diários. Somos e vivemos em rede!

 

6.Valorização das pequenas conquistas

A vitória tem diferentes significados no esporte paralímpico e nem sempre está ligado a chegar em primeiro lugar ou a fazer mais pontos em uma partida. As pequenas vitórias cotidianas são bastante significativas para estes atletas que precisam passar por tantos obstáculos a todo momento. Ao se aventurar no mundo empresarial, o empreendedor tem que ter clareza para reconhecer e festejar as pequenas vitórias da sua rotina, que não incluem apenas um cliente novo ou uma boa venda, por exemplo. É preciso saber celebrar todas as conquistas, inclusive àquelas mais pessoais dos seus funcionários, que se sentirão mais motivados em seu trabalho. Ensaie com as pequenas enquanto se prepara para as grandes conquistas!

 

Pronto para superar os desafios? Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

O Futuro do trabalho é a liberdade

Sex, 16 Set 2016

Por Angelique Slob

 

Em tempos de startups, qual O Futuro do Trabalho? Pensando nisso eu realizei uma oficina na Rede+, na cidade de Salvador para discutir as perspectivas deste cenário; além de curiosidade e dicas sobre o futuro destas relações. De que maneira as startups criam culturas com altos índices de liberdade e responsabilidade e como o sucesso vinculado a estes negócios podem contribuir para as demais empresas? Este foi o desafio aceito que vou compartilhar agora com vocês!

Mas primeiro, deixe-me explicar como eu, holandesa, acabei realizando uma oficina aqui no Brasil. Atualmente trabalho como “Chief Happiness Officer” e também sou nômade digital. Isso me permite trabalhar de qualquer lugar, e quando realizei esta oficina morava em Salvador. 

Nesta vida de nômade digital eu não tenho um escritório fixo, por isso estou acostumada a trabalhar em espaços distintos, por exemplo, no meu quatro ou em um café. Mas meu local favorito de trabalho em Salvador era o espaço “Coworking” do Grupo Rede+. Trabalhar em um escritório colaborativo me dava a oportunidade de fazer conexões como esta oficina e de me relacionar com outros empreendedores, empresas e startups. 

Rodrigo Paolilo, CEO da REDE+, é bastante conhecido por suas inovações na forma de trabalho, e daí, então, rapidamente nasceu a ideia de organizar um evento sobre O Futuro do Trabalho: Oficina: O Futuro de Trabalho é a Liberdade. Da ideação à prática; realizamos a oficina com um grupo restrito de participantes, formado em sua maioria por empresários ou diretores das áreas de tecnologia, finanças e indústria; visando o maior aproveitamento e interação. Apresentamos os novos tipos de cultura de trabalho, sistemas colaborativos, elementos e ferramentas para aplicação prática em empresas tradicionais, sempre problematizando, discutindo e avaliando os desafios e oportunidades para sua implementação. E compartilho agora os insights da oficina com vocês!

1.Nem todos os elementos da cultura nômade são para todas as empresas

Pelo fato dos participantes atuarem e serem de origens diferentes, a primeira conclusão foi que nem todos os elementos implementados pelas startups seriam adequados em todas as empresas. Por exemplo, seria inviável terem uma força de trabalho 100% remoto na sua empresa. Organizações diferentes devem possuir culturas diferentes. A coisa mais importante é ajustar a cultura da maneira mais adequada e funcional à sua realidade.

Dica: certifique-se de manter uma mente aberta e não use soluções "antigas" para novos desafios.

2. Mecanismos de coordenação

No mecanismo de coordenação o mais importante em relação à cultura é as horas faturáveis. 

Não pense que essas coisas não acontecem em outros segmentos: eu trabalhei com um startup de marketing que adotava as horas faturáveis. Quando estávamos num processo de mudança para o futuro de trabalho, descobrimos que esse mecanismo estava bloqueando o progresso para a criação de uma cultura mais efetiva. Decidiram então mudar esse mecanismo e se tornaram uma empresa mais legal do que antes, além de se tornarem mais bem-sucedidos.

Dica: Se você quer ajustar sua cultura, controle os mecanismos de coordenação existentes na sua empresa. 

3. A cultura local atual

A cultura Brasileira é mais masculina e hierárquica do que, por exemplo, a cultura Holandesa (de onde eu venho). Em comparação, as culturas de startup são mais abertas e transparentes. Elas não deixam muito espaço para uma posição hierárquica, sendo mais horizontais. Os colaboradores hoje são mais abertos a culturas diferentes, por esse motivo será eles a força da mudança. Aproveite isso! 

 

4. A mudança acontece em fases

Dois dos participantes compraram uma empresa juntos, há, mais ou menos, um ano e meio atrás. Como novos gerentes, eles conseguiram mudar a cultura daquela empresa, antes conservadora. Com seus esforços perceberam que a mudança acontece em fases. Por isso, eles trazem essa cultura alternativa com níveis de liberdade e responsabilidade mais alto gradualmente. Embora essa possa ser uma boa estratégia, ao mesmo tempo, existe um risco em mudar de forma gradual; pois isso pode acontecer devagar demais ao que se precisa. 

Dica: Observe sua estratégia para os próximos anos e pense sobre qual tipo de pessoas você quer atrair nos próximos 03 ou 05 anos. O que eles gostariam de você em termos de cultura? Depois disso, trace uma linha do tempo da mudança que você precisa fazer e o quê você, pelo menos, deve alcançar em cada nível seguinte.

 

Impressões pessoais

Foi incrível a experiência de dar essa oficina em Salvador! Adorei falar com empresários e diretores locais e conhecer quais são os pensamentos deles acerca do Futuro do Trabalho, além de conhecer quais são seus esforços em termos de mudança na cultura organizacional dos seus negócios. Que, por acaso, não são muito diferentes do que os desafios das empresas europeias. Adorei cada um dos participantes! Eles foram muito abertos e se mostraram bem ativos na procura de maneiras para fazer coisas de maneira inovadora em suas empresas. 

Última dica

Enquanto falávamos do livro “The 7 day weekend” de Ricardo Semler, um dos participantes declarou que gostaria de ter um estilo de gestão como o diretor do livro. O que me leva a uma última dica: Pense em qual tipo de gerente você quer ser, e depois tome as medidas necessárias para se tornar esse gerente.

Momento Pitch 

Angelique Slob é Chefe de Felicidade e fundadora da pinQ consult. Angelique é natural da Holanda e viaja pelo mundo como uma nômade digital, enquanto ajuda seus clientes a controlar o futuro do trabalho. Angelique faz cursos, imersões e oficinas sobre as novas relações de trabalho da modernidade e presta este serviço também à distância. Que tal uma consultoria?

Saiba mais: www.pinqconsult.com 

 

Entre em contato com a gente!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Como ser um profissional criativo?

Qui, 15 Set 2016

Como ser um profissional criativo?

 

O mundo exige cada vez mais que sejamos indivíduos mais criativos. 

Nascemos criativos ou desenvolvemos esta habilidade (ou não) com o passar dos anos? 

Acreditamos que a criatividade é uma habilidade inerente ao ser humano, e como toda habilidade pode e deve ser potencializada e desenvolvida, inclusive nos nossos ambientes de trabalho. Mais do que um elemento de competição entre as empresas e suas concorrentes, a criatividade e inovação podem ser estímulos para a própria rotina de trabalho de um colaborador. Vinculado a uma empresa nos moldes tradicionais, CLT, ou autônomo, este trabalhador precisa se sentir motivado para protagonizar a sua história e colaborar onde quer que esteja.  

 

Nos espaços de Coworking da Rede+, o ambiente é configurado de forma a permitir experiências totalmente estimulantes para o desenvolvimento de produtos e serviços inovadores. Temos uma estrutura física que promove dinamismo, eficiência e conforto. Ambientes centrados no usuário e na colaboração, que permitem que cada pessoa, converta o máximo do seu potencial em resultados, individual ou em grupo; além de a qualquer momento, desfrutar uma bela paisagem ou apenas relaxar um pouco antes de se inspirar novamente.

 

Além de aspectos externos, como o ambiente de trabalho inspirador, a Rede+ orienta seus parceiros e comunidade com outras dicas sobre como se tornar um profissional mais criativo:

1.Pergunte

Saiba fazer as perguntas corretas no seu dia-a-dia. A partir delas, você poderá obter nas respostas que virão de colegas de trabalho, amigos ou dos seus líderes ideias para desenvolver um projeto ou encontrar soluções simples para os problemas.

2.Amplie sua rede

Não fique preso a mesma rede de amigos e colegas do seu setor. Sempre aproveite para ampliar esta rede e estimule seus colegas a fazerem a mesma coisa. Nas festas e em espaços de coworking como a Rede+, explore o potencial de compartilhamento destes ambientes. A hora de tomar o café pode ser extremamente rica de insights. Cerque-se de pessoas criativas!

3.Procure novas fontes

Leia livros, vá ao teatro, ao museu, veja espetáculos de dança e vá ao cinema também. Pratique exercícios! Faça cursos de estímulo à criatividade e ligados a design thinking! A exposição a ambientes diferentes pode fazer despertar novas ideias e soluções para a sua rotina de trabalho, além de aumentar o nosso repertório criativo. É bom para se afastar um pouco do trabalho e voltar nele com a mente mais descansada, sendo um ótimo (e prazeroso) exercício para novos estímulos e visões de mundo, e soluções de desafios. 

4.Seja flexível

As soluções mais simples para determinados problemas podem ser muito contributivas. Pensar diferentes soluções para o mesmo problema também é um exercício que com o tempo pode lhe ajudar a desenvolver soluções cada vez mais eficientes e inovadoras. Pessoas que são mais flexíveis tendem a ter mais facilidade para lidar com o mesmo problema por vários ângulos diferentes e encontrar novas soluções não vistas anteriormente.

5.Aproveite os erros

Não pense que os erros são fracassos e que devem ser esquecidos. Erros devem ser encarados como lições e gatilhos para novas invenções. Determine momentos para pensar onde a falha aconteceu e, certamente, no próximo projeto, estratégias específicas serão pensadas para não incorrer no mesmo erro. Aprenda e potencialize suas ações!

 

 

Pronto para desenvolver todo seu potencial criativo?  

Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

Financiamento coletivo: como explorar este recurso para sua ideia inovadora

Ter, 13 Set 2016

O desafio do empreendedor criativo é quase sempre o mesmo: “tenho uma ideia inovadora, mas não tenho recursos financeiros para investir”. De fato, milhares de produtos ou serviços de impacto passam por este problema, mas as plataformas de financiamento coletivo (crowdfunding) estão disponíveis para serem exploradas e apoiar os processos de criação e desenvolvimento de inovações.

No Crowdfunding a dinâmica funciona mais ou menos assim: um empreendedor tem uma ideia e precisa de uma determinado valor em dinheiro para testá-la e colocá-la no mercado. Ele a inscreve em uma plataforma de financiamento coletivo – hoje já existem várias - e, com uma campanha criada, é só divulgá-la e esperar pela contribuição dos apoiadores num tempo ‘X’ estabelecido. Em geral, os apoiadores fazem parte do seu público-alvo e são pessoas que se interessaram na sua proposta de valor. É muito comum que em troca da ajuda financeira recebam algum retorno equivalente em produto, serviço ou contrapartida relacionada a proposta de impacto social ou inovadora. Outro caso comum é o ou ainda o ‘equity crowdfunding’, quando o valor investido no projeto é convertido em uma parte societária, uma participação real na empresa. Caso o projeto não alcance o valor estipulado mínimo no tempo ‘X’ determinado o valor é reembolsado integralmente ao apoiador. 

Descrita assim, a tarefa de obter um financiamento para o desenvolvimento do seu produto ou serviço pode parecer fácil, no entanto, é preciso entender as iniciativas de crowdfunding e planejar estrategicamente a sua campanha. A Rede+ preparou uma lista com as melhores dicas para você explorar o máximo do financiamento coletivo e alcançar seus resultados, sem que seu projeto vá pro Zebeléu, digo, Beleléu!

 

1.Certifique-se que se trata de uma inovação

Antes de mais nada é preciso ter certeza sobre se sua ideia é realmente inovadora. O financiamento coletivo é uma plataforma muito séria, que reúne apoiadores para o desenvolvimento de produtos ou serviços que, de fato, tragam algum benefício para a sociedade, comunidade ou para o grupo de pessoas ao qual se destina. Sem inovação, o empreendedor poderá não atingir a sua meta, ou, ainda pior, o uso banalizado deste recurso pode gerar repercussões negativas nas redes sociais e na imprensa. Portanto, pequise!

2.Planeje sua campanha

Planeje cada etapa da sua campanha. A comunicação é fundamental para propagar a sua mensagem e conquistar seus possíveis apoiadores. Identifique quais os públicos potenciais para o produto ou serviço inovador que será desenvolvido, crie estratégias para fazer sua campanha chegar até eles e os sensibilize. Pense em todas as etapas da campanha do início ao fim e em como reverter momentos em que a arrecadação não está seguindo o cronograma. Utilize todos os canais de comunicação que conseguir, mas com estratégia. O importante não é quantidade, mas a qualidade da sua comunicação e o índice de conversão do público em apoiadores. 

3.Seja transparente

Este é outro ponto fundamental para você ter sucesso no processo de arrecadação em financiamento coletivo. Quanto mais transparente, mais confiança os seus apoiadores terão no seu produto ou serviço e poderão até propagar ainda mais o seu projeto. Comunique-se sempre por e-mail com eles antes e depois de atingir a meta estabelecida. Atualize os apoiadores sobre as etapas de trabalho periodicamente, não perca o contato após conseguir o apoio esperado. A transparência é fundamental no crowdfunding para gerar credibilidade e conversão.

4.Capte vários tipos de apoiadores

Na hora de definir quais os valores fixos a serem doados para a campanha, procure pensar nos vários perfis de apoiadores que podem ajudar no projeto. Os perfis de apoiadores podem incluir os mais entusiastas pelo projeto que querem/podem doar mais ou outro grupo de pessoas que não estão tão vinculados à proposta, mas que acreditaram na ideia e querem ajudar, mas possuem menos recursos financeiros disponíveis para este tipo de incentivo. Preveja vários tipos de doações e contrapartidas atrativas e equivalentes para cada tipo de apoiadores. De grão em grão, o projeto estará pronto.

5.Ofereça boas recompensas

A recompensa é outro elemento importante para estimular a doação dos apoiadores. Seja criativo na hora de defini-las. Em alguns casos, por exemplo, é possível fugir de contrapartidas que aumentem demasiadamente os custos do projeto, comprometendo o valor necessário para o próprio financiamento coletivo. Muitos empreendedores têm oferecido como recompensas acesso ao produto/serviço finalizado, agradecimentos especiais, exemplares exclusivos, recurso humano, troca de conhecimento ou até mesmo um encontro em caso de figuras públicas.  

 

 

 

Que tal experimentar outras formas de colaboração coletiva?  

Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Rede+ na Semana de Capacitação Empresarial SEBRAE

Sab, 10 Set 2016

Na última semana a Rede+ teve o prazer de protagonizar algumas ações na Semana de Capacitação Empresarial do SEBRAE. Em sua 2ª edição, o maior evento para micro e pequenas empresas na Bahia aconteceu entre os dias 29 de agosto e 03 de setembro no Hotel Fiesta em Salvador, além de outras 29 cidades do estado.

O evento trouxe grandes nomes do cenário nacional de empreendedorismo, inovação, vendas e negócios; para oferecer conteúdos atuais aos participantes. Com forte nome no contexto local, a Rede+ protagonizou dois momentos importantes na Semana de Capacitação. O primeiro deles na quinta-feira, com o “Pitch Day” um super Workshop com treinamento e mentoria de pitch para startups e empreendedores. Foram 08 empreendimentos participantes do espaço que construíram apresentações dos seus negócios de acordo com os objetivos a serem alcançados e seus públicos de interesse.  Na sequência, houve mentoria individual para cada empreendedor que ainda saiu de lá com um canal exclusivo para dúvidas e suporte posterior ao evento. 

O segundo momento da Rede+ na Semana de Capacitação aconteceu na sexta-feira, dia 02 de setembro, às 20h na Arena do Espaço Lounge Empresarial. O Meet Up aconteceu durante a Virada Empresarial SEBRAE e foram 03h de muita troca e compartilhamento de conteúdo relevante sobre empreendedorismo social, startups, inovação e negócios de impacto com cases e movimentos interessantes que estão rolando no mercado. Algumas das oportunidades apresentadas foram o Unreasonable Lab, programa de hiperaceleração para negócios de impacto social; e o Baanko Challenge, um programa para desenvolver comunidades e identificar projetos sociais de impacto. Unreasonable com inscrições até o dia 12 de setembro e Baanko até 11 de novembro na Rede+. (Saiba mais aqui http://www.gruporedemais.com/

O Meet Up contou ainda com duas startups baianas que fizeram o Pitch dos seus projetos de impacto social no evento. A primeira delas foi o “Onde fui roubado”, apresentado pelo sócio Fernando Sandes, uma plataforma colaborativa contra furtos e roubos que visa reduzir a criminalidade, projeto acelerado pela Rede+. 

Já a Ana Luiza Bezerra, que chegou do MIT direto para o Meet Up, apresentou o case do Safe Drinking Water (SDW), sobre o processo de desinfecção de água através da luz solar. Na sequência houve um bate papo sobre o cenário do empreendedorismo, negócios de impacto, startups e inovação na Bahia, onde se destacou desafios e oportunidades, comparando o contexto baiano a outros ecossistemas mundiais. O projeto Jam Tech do Parque Tecnológico deu o tom musical do evento.

Acelere com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Inscrições abertas para o Unreasonable Lab Brasil em Salvador

Qui, 08 Set 2016

Quer acelerar seu projeto de impacto social ou ambiental e validar rapidamente seu modelo de negócio? Se você respondeu sim, você tem que participar da Unreasonable Lab BMV (Business Model Validation) que acontece de 8 a 12 de outubro, em Salvador, na sede da Rede+ na Vila da Barra.

Durante os cinco dias de laboratório, uma equipe de mentores e facilitadores vão ajudar os empreendedores que estão nos estágios iniciais de seus negócios a solucionarem suas dúvidas e colocarem sua ideia no papel. Nesta primeira edição, os participantes vão aprender como identificar os pressupostos principais que baseiam seu empreendimento, desenhando e executando protótipos. Tudo com super feedback dos mentores!

Para se inscrever no Unreasonable Lab BMV, os interessados devem se cadastrar no site http://unreasonableinstitute.org/accelerator/brasil/. É preciso ser comprometido com impacto social e ambiental através do seu negócio, ter um plano em desenvolvimento inicial e ter mais de 18 anos. Também é necessário ter disponibilidade para estar presente nos cinco dias de laboratório.

Para a seleção, os organizadores irão examinar as candidaturas apresentadas e realizará uma entrevista de 30 minutos com os pré-selecionados. Traga sua ideia para ser potencializada em um ambiente de troca de experiências e muito aprendizado. E fique ligado porque em dezembro haverá a segunda parte do Unreasonable Lab, voltado para ajudar os empreendedores a compreender o processo de captação de investimentos/financiamento do seu negócio.

 Serviço: Unreasonable Lab BMV Salvador 2016

Data: 08 a 12 de outubro

Local: Sede da Rede+ Salvador, Vila da Barra.

Inscrições:  http://unreasonableinstitute.org/accelerator/brasil

Valor: R$ 100 (vagas limitadas, haverá seleção de participantes)

 

Por que participar: 

1. Acelere seu negócio; 

2. Solucione as dúvidas mais frequentes nos estágios iniciais de modelagem;

3. Aprenda a montar e validar os modelos de negócios do seu projeto; 

3. Tenha ajuda de Mentores e facilitadores de sucesso na área de empreendedorismo; 

4. Participe de atividades como workshops e mentorias imperdíveis; 

5. Termine o laboratório com plano operacional, orçamentos e modelo financeiro, custos chaves e protótipos criados com clientes reais;

6. Aproveite as oportunidades de networking;

7. Divulgue o seu projeto; 

8. Compartilhe ideias e insights na Rede+.

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

Lições para ser independente nos negócios

Ter, 06 Set 2016

Nesta quarta-feira (7), os brasileiros comemoram uma de suas datas cívicas mais importantes da história. A Independência do Brasil, simbolizada pelo grito do Ipiranga, significava a liberdade do país em relação ao seu colonizador europeu – Portugal. A mudança de status de Colônia para Império na história brasileira é inspiradora para a decisão de tornar-se empreendedor. Afinal de contas, um dos primeiros motivos para se aventurar neste tipo de carreira é: ser independente.

 

A Rede+ já ouviu de muitos clientes e parceiros alegrias, desilusões e lições de empreendedores que buscavam suas independências: financeiras, de horários, locais de trabalho, tarefas, rotinas. Separamos aqui 7 lições para você que também quer realmente conquistar esta independência.

 

1. Administre sua liberdade

O desejo de ser independente e ter um negócio próprio, quase sempre está ligado à vontade de ‘se livrar’ das regras e ordens de um chefe no trabalho com carteira assinada. Contudo, ser independente exige do empreendedor que ele saiba lidar com essa liberdade. Se no parágrafo anterior você achou que teria independência de tudo... enganou-se! É preciso ter rotinas de trabalho, disciplina, planejamento e regras para ter sucesso nos negócios.

 

2.Seja responsável e delegue

Ao mesmo tempo que é preciso ter disciplina, o empreendedor necessita entender também o peso da responsabilidade da sua função. Uma série de pessoas depende do seu comprometimento com o trabalho para sustentar suas famílias ou para receber determinado produto ou serviço. E neste sentido ainda tem o risco de centralização e de não delegar tarefas. Principalmente no início somos acumulador por todas as funções: planejamento, operação, atendimento, criação. Seja responsável, com você, com os negócios e com quem depende dele. Mas saiba delegar. 

 

3. Você é autônomo

Você é o dono do seu próprio negócio e, portanto, uma das principais características da escolha pelo caminho do empreendedorismo é sua dimensão da decisão. Em qualquer outro regime de trabalho, o colaborador tem escolhas em suas rotinas, no entanto, a maioria delas precisam ser chanceladas pela chefia, ou minimamente orientadas. O empreendedor que sonha com a independência pode e deve tomar suas próprias decisões. Mas é preciso também saber decidir e agir com responsabilidade (leia item anterior!)

 

4. Saiba ser um líder

Para ser um bom líder, é preciso entender bem do negócio que está sendo conduzido. Além disso, é necessário saber quando se qualificar e qualificar a equipe, bem como quando ouvir seus diferentes públicos antes da tomada de determinada decisão. Lembre-se: a era dos chefes já terminou. As empresas do século XXI são conduzidas por líderes.

 

5.Você ainda é dependente

Por mais que a motivação de montar um empreendimento seja o desejo de independência, é preciso levar em conta que nenhuma empresa está sozinha no mundo. Desta forma, é impossível ser totalmente independente. Sempre dependeremos de um funcionário, de um cliente, de um fornecedor ou do governo. Se você buscava independência... Vamos repensar. A palavra da vez é interdependência!

 

6.Cuide das finanças

Independência também perpassa principalmente pela questão financeira. É preciso pagar as contas, tributos, fazer investimentos e cuidar do futuro da empresa. Desta forma, faça reservas e trace metas a curto, médio e longo prazo para a sustentabilidade e desenvolvimento do negócio. Afinal de contas, você não vai querer depender constantemente de empréstimos financeiros, vai?

 

7. Seja confiante

Não esqueça de acreditar bastante no seu trabalho. Valorize seus produtos, serviços e sua equipe. Lembre-se de nunca dizer o preço do seu serviço, sem antes o cliente entender o seu valor! Planeje cada ação do seu negócio para ter ainda mais confiança na hora de fazer seu marketing. Seja persistente e lute para conquistar e manter a tão sonhada independência, porque ela está cheia de desafios, mas é muito prazeroso.

 

Entre em contato com a gente!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

De onde veem as boas Ideias?

Qui, 01 Set 2016

Descobrir como ter ideias é quase como achar uma mina de ouro no mundo dos negócios. Com frequência, as dicas e demandas para os empreendedores passam por ações criativas e inovadoras. Contudo, tudo isto perpassa antes por uma atividade nada fácil e que, ao contrário do que se imagina, não depende só de inspiração: são as ideias. Mas, o que pouca gente fala é sobre como ter ideias.

Esta é a proposta do livro do autor americano Jack Foster, cujo título é Como ter ideias. Foster é publicitário há mais de 50 anos e já trabalhou em diversas companhias como Mazda, Universal Studios e Suzuki ao longo da carreira. Para aproveitar a experiência, ele foi convidado a dar aulas de publicidade na University of Southern California e a partir daí teve a ‘ideia’ de fazer um livro sobre como ter ideias.

Ele conta que, no primeiro ano do curso, depois de falar das mais diversas ferramentas e particularidades da publicidade, como os jingles, mala direta e redação, ao pedir o feedback dos alunos ouviu: “Você nos falou que toda propaganda e toda publicidade deveria começar com uma ideia (...), mas você nunca nos disse o que é uma ideia ou como tê-la”, escreveu Foster no prefácio do livro.

Em uma linguagem bem simples e acessível e sempre ilustrado com muitos exemplos, Foster traz em seu livro a definição de uma ideia e parte para dicas práticas sobre como tê-las. O livro está dividido em duas partes. Na primeira delas, ele traz dez dicas para estimular sua mente a ter ideias. Entre elas temos: a diversão, a visualização de processos, a necessidade de se repensar e combinar ideias.

A segunda parte traz um método com o passo a passo de como desenvolver uma ideia e é extremamente útil para quem está tentando inovar em seus produtos ou serviços. No total, são cinco ações necessárias para a tarefa:

1. Defina um problema - Você deve responder questões como: O que estamos tentando dizer e porque estamos tentando dizer isto? Para quem? Quem são nossos competidores? Qual a razão de ser de nossos produtos ou serviços?

2. Recolha informações – A dica aqui é pergunte, pergunte, pergunte. Esteja atento a todos os detalhes antes, durante e depois do processo de formação e desenvolvimento de uma ideia

3. Busque ideias – Force-se a olhar para o problema e buscar uma solução para ele.

4. Esqueça o problema – É preciso saber a hora de seguir em frente e não ficar estacionado em cima do mesmo problema. Parta em direção a um novo problema.

5. Coloque a ideia em ação – Planeje-se, defina deadlines, coloque seu plano em ação e todos os dias faça alguma coisa com a sua ideia, mesmo que seja apenas uma revisão.

 

Além das reflexões que Foster nos traz, é inegável que o ambiente em que você trabalha tem papel fundamental em proporcionar os insights necessários e a geração de (boas) ideias. Assim, o espaço de Coworking como o da Rede+ Aracaju e Salvador, com uma rede consolidada de parceiros para networking e geração de novos negócios é o gatilho que faltava para você! 

Boa leitura e boas ideias!

 

Quer ter Ideias? Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

Dicas para ser um freelancer de sucesso

Ter, 30 Ago 2016

A decisão de largar a CLT e seu salário fixo garantido para ser um profissional freelancer pode ser muito difícil, mas, ao mesmo tempo, libertadora. Como qualquer escolha deste nível, muitos desafios e vantagens pairam na cabeça de quem está em dúvida sobre se este deve ser o caminho a ser seguido. Diante da experiência de muitos parceiros que buscam os serviços do Grupo Rede+, como coworking, salas privativas e aceleração, decidimos compartilhar com vocês algumas dicas que achamos essenciais para ser um freelancer de sucesso.

 

1. Planeje seu negócio

Para que o projeto saia do papel, é preciso que ele esteja lá antes. Escreva todos os detalhes e estratégias que executará para captar novos clientes. Lá devem constar ainda como será sua rotina diária, os métodos para a cobrança dos serviços, seus parceiros e fornecedores. Conheça seus concorrentes e defina um diferencial sobre o serviço ou produto que irá oferecer. Outro ponto, saiba como dizer ‘não’ para clientes se você conseguirá oferecer a qualidade esperada, se não há tempo ou habilidade suficientes para a realização de determinado serviço. Um ‘não’ hoje pode ser a garantia de sucesso e futuros clientes amanhã.

 

2. Comunique-se

Execute um plano de marketing e não esqueça de explorar as mais variadas ferramentas de comunicação disponíveis. Crie uma identidade visual, defina a estratégia do seu negócio, seu posicionamento e quais as ferramentas do ambiente on e offline são mais úteis para você e seus públicos. Não esqueça o momento do Pitch! Networking começa dentro de casa, com todos os seus amigos e conhecidos.

 

3. Um bom lugar de trabalho

Encontre um ambiente de trabalho adequado para a realização de suas tarefas. Mesmo no caso de serviços e produtos cuja a execução se dá in loco, muitas vezes é preciso ter um espaço físico para desenvolver sua rotina. Entrar em contato, receber clientes e parceiros, realizar as tarefas corriqueiras e para planejar seu negócio. E nem sempre este local é em casa! Nestes casos, uma alternativa bastante produtiva ao home office é o coworking. Receber clientes em casa pode acabar com sua privacidade e, além disso, a tentação em fazer outras tarefas, distração, diminuição da produtividade e perda de foco podem ser obstáculos para você ter sucesso sendo freelancer em casa. O coworking da Rede+, em Aracaju e Salvador, além de ter excelente localização, oferece um ambiente preparado para atender todas as necessidades da sua rotina e do seu negócio; com comodidade, conforto, segurança, uma rede de parceiros e espaço para o desenvolvimento colaborativo e a inovação. Tudo com ótimos preços!

4. Use softwares grátis

Por falar em preços ótimos, é preciso buscar sempre ferramentas de trabalho gratuitas para quem está começando como freelancer. O desafio é reduzir os custos iniciais ao máximo, aumentando a produtividade e potencializando os resultados. Existem excelentes softwares gratuitos para edição de textos e imagens ou para compilação de dados, para armazenamento de arquivos na nuvem, para comunicação, bancos de imagens ou até plataformas que podem apoiar você a ter uma presença na web, como os blogs. Pague apenas por aquilo que você utiliza diariamente e é essencial ao seu trabalho. Explore o Dropbox, Mega, Wordpress, Skype, Pixabay, Facebook, Hangouts ou Pixlr, porque todo freelancer enfrenta a montanha-russa dos jobs, “fica rico, fica pobre”, então é fundamental manter apenas os custos essenciais.

 

5. Economize

Ainda falando de custos e investimentos, planejamento financeiro é primordial. Momentos de baixa de trabalhos são frequentes na vida de um freelancer. Há serviços que são sazonais e há períodos do ano que seu público pode ter outras prioridades. Por conta disto, é preciso economizar e se planejar para passar pelos eventuais momentos de ‘vacas magras’. Eles são comuns até a consolidação do profissional como freelancer no mercado de trabalho e podem ser contornados e até bem explorados se você se planejar para passar por elas. Que tal aproveitar para se atualizar nesta entressafra?

 

6. Atualize-se

Um bom profissional, seja ele autônomo ou não, precisa sempre se atualizar para acompanhar as mudanças e inovações da sua área e do mundo. Para o freelancer, isto pode significar um incremento significativo em seus rendimentos no final do mês, com a entrega de um trabalho mais robusto, com a melhoria do conceito ou gestão do seu negócio ou até com a inserção de novos serviços e produtos entre suas especialidades. No entanto, não se pode perder de vista outra oportunidade importante desta atualização em eventos, cursos, oficinas e workshops: fazer networking. Aproveite também para expandir sua rede de contatos e fazer comunicação (lembra da dica 2?). Outra possibilidade para se compartilhar conhecimento e encontrar pessoas são os espaços de coworking. A Rede+ está de portas abertas esperando por você.

 

7. Seja criativo

A criatividade tem que estar presente em todas as etapas das tarefas de um freelancer. Da forma de encontrar e captar um cliente, até a oferta do seu serviço ou produto e quais os equipamentos vai utilizar para execução do trabalho. Esta dica perpassa por várias outras que listamos acima: planejamento, comunicação, local de trabalho, economia e atualização.

 

8. Atenda bem seu cliente

Regra básica para qualquer negócio, bom atendimento também é algo necessário ao trabalho de um freelancer. Cada cliente deve ser tratado como o único. Suas demandas são as mais importantes entre todas as outras. Respeite-o e garanta-lhe o melhor atendimento e a melhor entrega – o que inclui o cumprimento dos prazos. Atente-se a cada detalhe do desejo dele para que você possa dar sua contribuição, sempre com uma linguagem positiva, para que ele saia satisfeito e você se sinta gratificado com o trabalho que executou. E o mais importante, agregue valor ao seu trabalho, entregue mais do que o previsto, sempre que possível!

 

Pronto para ser um Freelancer de Sucesso?

Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

 

Salas privativas de coworking no Brasil crescem cinco vezes em um ano

Qui, 25 Ago 2016

Segundo dados do levantamento do Coworking Brasil, atualmente existem 840 salas privativas nos 378 espaços ativos de coworking no Brasil. A maior parte deles encontra-se em São Paulo, mas seu indicador cresce em todos os estados e hoje o número de salas privativas é cinco vezes maior do que em relação ao ano de 2015.

O serviço de salas privativas, como o disponibilizado pela Rede+, nas cidades de Aracaju (SE) e Salvador (BA), permite ao usuário aproveitar ao máximo as vantagens de um coworking bem localizado, com uma estrutura completa, um ambiente de trabalho que estimula o desenvolvimento e inovação do seu negócio; e, ao mesmo tempo, oferece privacidade e conforto! Além, claro, do acesso a uma rede única e exclusiva de empreendedores e parceiros. 

Investimento certo

A principal atração do investimento em uma sala privativa em um Coworking é a economia em um espaço totalmente personalizado, com privacidade, liberdade e conforto na sua medida. Evitando altos custos fixos tradicionais no processo de inicialização do seu negócio e podendo destinar recursos ao que é fundamental neste momento. O planejamento financeiro é de suma importância orientar que você invista estrategicamente de acordo com o seu plano. 

Rede Exclusiva de parceiros e empreendedores

A Rede+ oferece mais do que um espaço de coworking. Trabalhamos com um estilo de vida único onde por meio de espaços colaborativos promovemos o desenvolvimento dos empreendedores, com uma comunidade exclusiva composta por formadores de opinião, empresários, empreendedores criativos, parceiros e fornecedores.  Quem sabe seu futuro sócio está aqui? Um escritório privativo permite a concentração e espaço próprio, por vezes necessário, mas com a conexão exata com outros ambientes, mercados e realidades que só o espaço do coworking pode promover. 

Faça parte da nossa rede de networking e compartilhamento de ideias! 

Entre em contato com a gente!

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

06 lições das Olimpíadas para você empreendedor

Ter, 23 Ago 2016

Os Jogos Olímpicos no Brasil acabaram de terminar, mas já deixam saudades. Foram duas semanas de acontecimentos marcantes que posicionaram o país no foco das discussões em todo o mundo. O que ficam agora são as boas lembranças e um extenso legado de aprendizado para diversas áreas.

A Rede+ acompanhou bem de perto vários detalhes do evento e listou seis acontecimentos durante a Olimpíada no Brasil que podem servir como lições para quem quer empreender e inovar em seus negócios.

 

1.       Organização e plano de segurança

Um evento mundial que movimentou mais de 10 mil atletas de 206 países, que competiram em 32 locais diferentes e que contou com a colaboração de 200 mil pessoas na organização. Estes são apenas alguns números que demonstram a grandiosidade das Olimpíadas do Rio 2016. O balanço final do evento não pode deixar de ser positivo. As ameaças de terrorismo e o próprio temor com nossos problemas de segurança pública foram neutralizados por um eficiente plano de segurança e a organização da festa planejou bem o acolhimento aos milhões de torcedores que passaram pelos locais de competição durante estas duas semanas.

Dois pontos foram essenciais no sucesso dos Jogos do Rio 2016 e nos servem como lição: o bom planejamento e a adaptação e flexibilidade às intempéries de um megaevento como este. O bom planejamento ajuda a prever ações e reações a situações que apareçam de surpresa e também são importantes para organizar o andamento eficaz de um projeto. No entanto, determinadas questões só emergem com o projeto em execução, por isto, a necessidade de espaços para negociação e ajustes é fundamental.

2.       Persistência e dedicação dos medalhistas

As histórias pessoais de superação de nossos medalhistas são inspiradoras.  Dos baianos Isaquias Queiroz, único medalhista brasileiro a subir três vezes no pódio em uma edição de Olimpíada, e Robson Conceição, do boxe, à judoca Rafaela Silva, passando pelo ginasta Diego Hypolito, Thiago Braz do atletismo e Maicon de Andrade do taekwondo, todos eles têm em comum: a persistência e dedicação a um objetivo que os ajudaria a mudar as condições de suas vidas difíceis.

Na jornada em busca do sucesso na montagem e desenvolvimento de um negócio, é preciso ser persistente e se dedicar ao máximo como os nossos medalhistas. É preciso transpor obstáculos, que muitas vezes podem parecer impossíveis de serem contornados, ser insistente e lutar para a conquista de um objetivo.

3.       Recepção à brasileira

Os cerca de 800 mil turistas e 10 mil torcedores que passaram pelo Rio durante os jogos foram recepcionados à moda brasileira. Muitos sorrisos e disposição dos voluntários e da própria população na hora de orientar os visitantes na cidade. Recepcionar bem nossos turistas, com muita alegria, é algo que o brasileiro sabe fazer de melhor. Não à toa que vimos muitas entrevistas e depoimentos de atletas e turistas falando sobre esta característica.

A verdade é que temos talento em montar grandes espetáculos e isto pode ser canalizado para a dinâmica dos nossos negócios. Uma comunicação empática com nossos clientes e fornecedores pode ser um diferencial para o seu produto ou serviço. Investir em um bom relacionamento com os públicos e colocar em prática todas as estratégias da recepção à moda brasileira pode render bons frutos.

4.       Ouro em esportes coletivos

Os ouros nos esportes coletivos, vôlei e futebol masculinos, nos dois últimos dias de jogos nos orgulharam e nos mostraram mais uma vez a importância do trabalho em equipe. As duas seleções não começaram bem seus torneios e foram criticadas. Mas, uma característica em comum deve ser ressaltada: seus líderes. Tanto Rogério Micale, do futebol, quanto Bernardinho, do vôlei, foram grandes líderes para as suas equipes. Agiram com estratégia e equilíbrio ao longo do torneio e conseguiram fazer seus grupos amadurecerem durante a competição e conquistarem o tão cobiçado ouro.

No dia a dia, grandes líderes precisam ouvir seus públicos, fazer constantes exercícios de autocrítica, serem humildes e ao mesmo tempo estratégicos em suas decisões e, acima de tudo: conhecerem bem suas equipes e o negócio. O estímulo ao trabalho em equipe e ao companheirismo também são elementos da cultura da empresa que precisam ser fomentados pelos seus líderes.

5.       Superação de metas pessoais

Em um momento em que o controle antidoping é cada vez mais rigoroso (e deve ser assim) as brigas por recordes olímpicos e durante a própria competição entre atletas são muito disputadas. Não podemos perder de vista que, embora não tenhamos alcançado a meta do Comitê Olímpico Brasileiro, das 27 medalhas, muitos atletas brasileiros superaram suas metas pessoais e levaram o nome do nosso país em esportes sem tradição para lugares de destaque.

Devemos aprender a celebrar nossas pequenas vitórias de todos os dias em nossos projetos. As metas precisam ser sempre traçadas visando o cumprimento de um objetivo em um intervalo de tempo. Este estímulo na transposição destas metas são essenciais para o melhor desenvolvimento de um projeto.

6.       Seja criativo e inovador

A abertura e o encerramento dos Jogos Olímpicos no Rio, eventos mais assistidos no mundo, eram grandes incógnitas antes do início das competições. Logo na abertura, brasileiros e a própria imprensa internacional se renderam à criatividade e inovação dos organizadores do espetáculo, que exploraram de forma inteligente e simples os recursos disponíveis para narrar uma bela história. A festa de encerramento também não foi diferente e explorou o que temos de melhor: a alegria e as riquezas culturais do nosso povo.

Ser inovador em seus negócios, nem sempre perpassa por inventos da comparáveis à “invenção da roda”. A criatividade também está ligada ao aproveitamento de modo inteligente, estratégico e muitas vezes simples dos recursos que estão disponíveis no mercado de modo a surpreender nossos públicos.

 

 

 

 

Quer saber mais do mundo do empreendedorismo?

Entre em contato com a gente e participe da nossa Rede!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

Como ser um nômade digital de sucesso

Qui, 18 Ago 2016

Viajar pelo mundo, conhecer lugares e culturas diferentes e compartilhar experiências de trabalho. Este é o modo de vida dos nômades digitais. Através da internet, o trabalho fixo em um mesmo lugar deixou de ser uma exigência para diversas ocupações e muitos empreendedores têm buscado este estilo de vida para, de forma criativa e inovadora, alinhar trabalho e viagem. 

 

As vantagens de explorar esta forma de trabalho são muitas e podem trazer benefícios para vida de quem o pratica. No entanto, os atrativos de um novo lugar, para quem gosta muito de viajar, e a dificuldade de adaptação também podem dispersar e atrapalhar muito esta experiência.

 

Diante disso, a Rede+ elaborou uma lista com dicas para você tirar o maior proveito da experiência de ser um nômade digital, confira:

1. Escolha um espaço estratégico de Coworking 

Ser um nômade digital não é ser um eterno turista. Você precisa trabalhar e ter uma boa estrutura e espaço para executar as suas atividades. Espaços de coworking, como o da Rede+, são perfeitos para você. Temos toda uma estrutura montada de equipamentos, escritório virtual, conexão com internet, rede de negócios e comunidade empreendedora que você precisa. 

2.Busque uma boa acomodação 

Os nômades digitais costumam utilizar aplicativos, como o AirBnb, como estratégias para a busca de lugar para ficar. Neste caso, vale a mesma dica para quem viaja a turismo; o ideal é que a acomodação seja confortável, bem localizada. De quebra ainda é possível um preço camarada.

3. Defina uma rotina

Organize seu dia no dia anterior. Crie rotinas para a execução do trabalho e deixe espaços para conhecer a cidade onde está instalado. Desta forma, uma boa estratégia é que seu local de trabalho esteja próximo dos principais pontos de visitação na cidade. (Ponto para a Rede+)

4. Faça novos amigos e aumente a sua Rede

Espaços de coworking são essenciais para que você possa aproveitar um dos principais objetivos de ser um nômade digital: a troca de experiências. Aqui na Rede+ temos um ambiente favorável para este diálogo, onde os empreendedores podem trocar ideias e inovarem seus serviços. A realização de cursos e participação em eventos também são boas formas de aumentar a sua rede de contatos e de oportunidades. 

5. Atualize-se diariamente

Estar por dentro dos acontecimentos e compreender um pouco mais da cultura local é fundamental para a criação de oportunidades e contextualização dos seus negócios. A leitura de jornais vai ajudar também a começar uma conversa, fazer novos amigos e até captar um cliente local.

6. Lembre e seja lembrado

Apesar do atendimento à distância e dos vários atrativos diários que movimentam a vida de um nômade digital, não deixe seus clientes esquecerem de você e nem se esqueça deles. Mostre-se presente, ofereça novos serviços e deixe sua marca sempre no radar dele.

7. Pesquise, pesquise, pesquise

Antes de definir o local que pretende iniciar ou prosseguir com sua jornada, pesquise. A internet é uma ferramenta fundamental neste aspecto, onde você pode encontrar pessoas que passaram por esta experiência e têm muito a dizer. Informe-se sobre a cidade onde vai, organize onde será seu local de trabalho (lembre-se que a conexão Wi-Fi é fundamental para você ser um nômade digital e não apenas um nômade), defina as pequenas viagens que fará e os horários em que pretende trabalhar e visitar a cidade. 

 

É um nômade digital a caminho de Salvador e/ou Aracaju?

Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

Nova sede da Rede+ em Salvador: Vila da Barra

Ter, 16 Ago 2016

A Rede+ Salvador está de casa nova em um dos cenários mais lindos do mundo: a Barra. Já pensou em trabalhar em um lugar com uma estrutura completa e um lifestyle único? Venha nos conhecer.

 

Nossa localização foi estrategicamente pensada para permitir um acesso fácil para clientes e empresários e para incluir uma experiência única em sua rotina de trabalho. 

 

O dia está tenso e precisa de alguns minutos para relaxar? Em poucos passos, você estará de frente para a praia da Barra. Porto ou Farol? Você pode escolher! 

 

Chegou a hora do almoço ou do happy hour e quer convidar aquele cliente importante? Você está a minutos de restaurantes refinado, orgânico, vegano ou de um bom acarajé com cerveja!

 

Está a fim de uma volta cultural? Que tal começar pelo Marco de Fundação da Cidade do Salvador, bem onde Tomé de Souza desembarcou em 1549? Logo em frente, temos o Museu Náutico (Farol da Barra) e há poucos metros você pode contemplar o Espaço Carybé das Artes (Forte São Diogo) e Pierre Verger da Fotografia (Forte Santa Maria). 

 

História e diversão é o que não faltam na nova Orla da Barra, que ainda recebe todos os anos o carnaval de rua mais animado do mundo e mantém um espaço amplo e preparado para a prática de exercícios físicos.

 

Mas o dia foi cheio e não deu tempo nem de passar no mercado? Redes de supermercados, barraquinhas de frutas e verduras, feirinha orgânica, farmácias, padarias, delicatessen, agências bancárias, shopping, centro de compras. Tudo que você precisa em um só lugar: perto de você.

 

Diante desta paisagem e com uma energia tão positiva, internamente, nossa sede também tem o ambiente perfeito para você aproveitar as vantagens de um coworking. Além de toda a estrutura de escritório já inclusa, você e sua equipe poderão desfrutar de uma rede empreendedora que permite a geração de novas relações, ideias e parcerias.

 

Temos salas de reunião, de treinamento e privativas preparadas para as necessidades do seu negócio. Além disso, você pode fazer o seu evento ou curso em nosso novo espaço na área interna ou externa.

 

Criatividade. Bem- estar. Inovação. Um Coworking com um estilo de vida assim não poderia estar em um lugar melhor do que a Barra, em Salvador. E estamos muito felizes de dividi-lo com vocês. Sejam bem-vindos à nossa nova sede da Rede+!

 

Venha nos conhecer e se reconhecer!

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

FuckUp Nights Salvador V.2

Seg, 15 Ago 2016

Saiba tudo que rolou nesta segunda edição

 

A segunda edição do FuckUp Nights Salvador (FUN) reuniu dezenas de empreendedores na nova sede da Rede+ na Vila da Barra, na noite desta quinta-feira (11). Baseado no formato criado no México, em 2012, o evento trouxe experiências de negócios mal sucedidos e suas ricas lições.

 

O primeiro a relatar suas aventuras no mundo empresarial foi o CEO da Moovi Game Estúdio Jai Souza. Em clima descontraído, o empresário lembrou as falhas cometidas na sua estreia no mundo dos negócios na capital baiana. Recém chegado à cidade e sem conhecer bem o mercado de construção civil, Jai montou uma equipe sem experiência com grandes obras e pegou projetos maiores do que sua capacidade de produção.

 

Quando questionado sobre o que faria diferente, a resposta de Jai e o alerta para os empreendedores foi direta: “Buscaria conhecer melhor o mercado. Hoje, eu conheço bem o que faço”, explica o empresário que montou a Moovi no final de 2013 e foi contemplado em primeiro lugar no edital da Álty Criativa do Parque Tecnológico da Bahia.

 

Outro alerta do empresário está ligado à escolha da equipe que vai fazer parte do projeto. “Antes, chamava para trabalhar pessoas que conhecia. Agora, tenho mais critérios na contratação. Observo não apenas a parte técnica, mas também o relacionamento pessoal”, explicou.

 

Emoção > Razão

Outra participante que abrilhantou a segunda edição do FuckUp Nights Salvador foi a coordenadora pedagógica da tecnologia Join, Ana Pires. Ela aproveitou toda sua experiência em sala de aula para compartilhar de modo bem didático com o público os insucessos cometidos junto com outros dois sócios na gestão de um cursinho pré-vestibular.

 

“Primeiro problema: dividir as coisas do coração e a razão. Não deu certo. Acabou o casamento e a empresa”, brincou Ana ao iniciar seu relato. Uma lição importante que a professora deixou para o público presente na Rede+ foi sobre a necessidade do planejamento e da gestão na condução de um negócio. Nem ela, nem seus sócios, um deles seu então marido, tinham conhecimento em gestão de negócios, além disso, todos os envolvidos tinham muitas outras atividades. Além disso, a escolha do local, o conhecimento do mercado e a burocracia do setor deveriam ter sido melhor avaliadas.

 

Ao terminar seu relato, a professora mais uma vez deixou bastante claro pontos importantes para o sucesso de qualquer projeto. “Busquem capacitação, foquem no usuário, faça modelagem do negócio e inove”, afirmou Ana, que desenvolve tecnologias de gestão da informação, como a solução Join do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-BA), utilizada por mais de 40 empresas na Bahia. Ela também está começando alguns outros novos negócios.

 

Insigths da noite:

1.      Conheça o setor e o mercado do negócio;

2.      Invista no planejamento estratégico e gestão;

3.      Forme uma boa equipe, integrada e com técnica;

4.      Tenha domínio do processo, mas aprenda a delegar;

5.      Busque sempre mais conhecimento.

 

Após o compartilhamento de experiências e do bate-papo com os dois empreendedores, os participantes foram convidados a conhecer o novo espaço da Rede+ e curtirem a noite com os petiscos e bebidas da Casa além, claro, de interagir, conhecer novas pessoas e criar oportunidades de negócios.

 

Para quem perdeu essa edição do FuckUp Nights os talks serão disponibilizados no site oficial do evento http://fuckupnights.com/salvador/ e fique ligado que uma nova edição já está prevista para o mês de outubro.

 

Lembrando que este e outros eventos são transmitidos pelo nosso Snapchat @gruporedemais e qualquer dúvida ou sugestão é só mandar um e-mail para: eventos@gruporedemais.com

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

 

salvador@gruporedemais.com

Empreendedorismo e Esporte

Qui, 11 Ago 2016

Rodrigo Paolilo – Diretor Executivo Grupo Rede+

Em anos de Olimpíadas costumamos dar mais atenção aos esportes, aos atletas e seus feitos impressionantes do que aos desafios enfrentados nos bastidores por estes heróis. Em 2016, o Brasil sedia este que é o maior evento mundial e que normalmente transforma positivamente seus países sedes. No entanto, infelizmente, tudo o que vemos de destaque são as mazelas brasileiras (corrupção endêmica, crise econômica e política, graves problemas na saúde, dentre outros). Claramente isso é resultado das escolhas que o nosso país fez no passado.

Sempre que convidado a compartilhar minha ainda jovem história empreendedora, começo falando da relevância da prática esportiva para formação do meu “espírito empreendedor” quando fui atleta de natação. Elementos chave para um empreendedor de sucesso são exercitados em alto nível em um atleta: disciplina, foco em resultados, competividade, pensamento estratégico/inovador, aprender a ganhar e a perder.

Mas não é só isso que une as características dos empreendedores, especialmente os pequenos, e os atletas brasileiros. Considero que ambos são os verdadeiros heróis da nação. Lutam diária e bravamente com muita paixão em busca de seus sonhos e contra um sistema que não os estimulam e reconhecem, e pior, normalmente atrapalham.

Do lado empreendedor, enfrentamos como principais desafios a alta carga tributária, forte burocracia, baixa capacitação da força de trabalho, pouco incentivo ao crédito e inovação, pouco estimulo a competividade dos produtos brasileiros, sistema trabalhista defasado, infraestrutura deficiente. 

Do lado do atleta profissional, eles sofrem com uma péssima estrutura de treinamentos e para competições, baixo apoio do governo, pouco reconhecimento e investimento da iniciativa privada, pouca visibilidade da mídia, baixa interação com centros de ensino e pesquisa, baixa remuneração dos atletas e profissionais.

Precisamos de novos ídolos

O que falar então do empreendedor que aposta no esporte como negócio? Desafio ainda maior enfrentado aqui no Brasil, neste que é um mercado imenso e promissor em várias partes do mundo!

No dia 17 de fevereiro de 2016, uma das empresas que sou sócio e atual CEO (Grupo Rede+, www.gruporedemais.com) e que atua no suporte e fomento aos empreendedores, realizou um evento em comemoração ao Dia do Atleta Profissional. Tivemos a honra de receber em nossa sede em Salvador o atual campeão mundial do Circuito de Maratonas Aquáticas, o baiano Allan do Carmo.

Uma das poucas e principais esperanças reais de ouro olímpico no Rio de Janeiro, Allan dividiu sua história e trajetória com um público seleto de empreendedores. Com muita humildade e trabalho duro e cercado por grandes profissionais (todos de Salvador), além é claro de todo suporte incondicional de sua família e amigos, Allan supera diariamente diversos obstáculos para estar no nível que alcançou. 

Nós precisamos rever nossos padrões de referência para ídolos. Substituir estrelas sem conteúdo, brilho e consistência, por aqueles que de fato trabalham duro e seriamente em prol da sociedade.

Espero que nós despertemos logo para as mudanças que precisamos fazer na sociedade e assim dar as condições de gerar novos heróis verdadeiros exercendo de forma plena seus talentos. Só desta forma poderemos viabilizar a existência e o sucesso de “centenas de Allan do Carmo” e milhares de empreendedores de alto potencial e veremos nosso país sendo destaque mundial como celeiro de jovens talentosos e transformadores da sociedade. 

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José. 

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra. 

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

 

7 dicas para aproveitar ao máximo o Coworking Week no Espaço Rede+

Ter, 09 Ago 2016

Nesta sexta-feira (12), celebraremos no Brasil o Coworking Day. O evento faz parte de um movimento mundial em homenagem a Brad Neuberg, que no dia 9 de Agosto de 2005 criou o conceito de “Coworking Space” ao juntar-se para trabalhar com alguns amigos em uma casa onde compartilhava o espaço durante o dia com pessoas "avulsas".

 

O Coworking Day Brasil surgiu em 2012 com o objetivo de reunir e divulgar os espaços e o conceito de Coworking no país. Em 2015 o evento contou com 120 espaços de Coworking participantes em todo o Brasil, e foi considerado pelo próprio Brad Neuberg como o maior evento de Coworking Day do mundo.

 

Mas por que apenas um dia?

Pensando nisso o grupo Rede+ adotou o Coworking Week que acontece de 08 a 12 de agosto (segunda a sexta-feira). O objetivo é abrir seus espaços em Salvador e Aracaju aos empreendedores criativos e ir muito além de apenas divulgar um conceito; a Rede+ quer proporcionar a experiência do estilo de vida Coworking para você. 

Queremos que você aproveite nosso Coworking Week e se apaixone pela Rede+ tanto quanto a gente! 

Para explorar ao máximo sua jornada durante a semana, separamos aqui as melhores dicas: 

 

1. Esteja realmente presente

Nem todas as pessoas têm a consciência do quão importante é estar verdadeiramente presente durante este momento e vivenciar todas as experiências e oportunidades que são permitidas. Qual a última vez que você fez algo pela primeira vez?  

 

2. Faça um tour pelo espaço. 

É a primeira vez no espaço? Peça para dar uma volta nele. Entenda como funciona, quem são seus parceiros e coworkers. Conheça e perceba as possibilidades e oportunidades de negócios e de vivências que são permitidas aqui. 

 

3. Não esqueça do networking. 

Leve uma boa quantidade de cartões de visita, apresente-se para membros e não-membros, encontre novas conexões, compartilhe o que está fazendo de mais importante. Ouvir e entender as propostas e ações dos outros coworkers também é muito importante. Você pode colaborar de alguma forma com algum projeto apresentado? Conhece alguém que pode ajudar este projeto? Faça indicações. Colabore, esta é a essência. 

 

4. Hora do almoço 

Não perca a oportunidade de almoçar com alguém que você acabou de conhecer. Aproveite para entender mais de seus projetos e como eles se relacionam, ou podem relacionar-se com os seus. Aumente sua rede de conexões e, o mais importante, crie oportunidades.  

 

5. Seja lembrado 

Como você pode se destacar no meio da multidão? Torne-se lembrado. Deixe uma boa impressão; crie laços, não links. 

 

6. Follow Up e Empatia

O dia de Coworking não termina no final da tarde. Na verdade, ele é só o começo de uma longa jornada. Envie e-mails com seus contatos e redes sociais para as novas pessoas que conheceu o mais breve possível. Não esqueça que uma memória positiva precisa ser afetiva. 

 

7. Conexão com seu novo contato 

Lembra que o Coworking não acaba quando o dia termina? Marque um encontro presencial com aquele contato. A troca de mensagens pode tornar a relação com seu contato muito superficial. Aprofunde esta relação, desta forma ele não vai esquecer de você até a próxima vez que se encontrarem. Cada pessoa é uma rede de conexão com outras, Todos nós conhecemos no mínimo 100 pessoas. E não se esqueça da Teoria dos Seis Graus de Separação: apenas seis pessoas separam você de qualquer pessoa do mundo. Mas isto é assunto para outro dia. 

 

Inscreva-se: Coworking Week Aracaju e Coworking Week Salvador

Precisa de mais alguma informação ou está com dúvidas?

Entre em contato com a gente!

 

Rede+ Aracaju/SE

Endereço: Praça Getúlio Vargas, nº 063 – São José.

(79) 3022-0711

aracaju@gruporedemais.com

 

Rede+ Salvador/BA

Endereço: Avenida Sete de Setembro, nº 3959, Barra.

(71) 3042-3041

salvador@gruporedemais.com

Tudo que rolou no FUCKUP NIGHTS

Qui, 07 Jul 2016
Criticar o projeto dos outros é fácil... e contar publicamente nossas falhas será que é possível? Na sede da Rede+ sim. Na última quinta-feira, o escritório colaborativo que é expert em start ups e eventos inovadores, trouxe a Salvador o FUCKUP NIGHTS. Conhecido intimamente como FUN, o movimento global apresentou uma noite diferente para os empreendedores e público baiano, com uma série de histórias baseadas em cases de insucesso de negócios e projetos.

Apesar do tema, o evento foi um sucesso e os participantes mostraram que compartilhar as falhas é falar de aprendizado e colaborar para o crescimento do mercado. Quase 60 profissionais atentos estiveram no local ouvindo e trocando conhecimento, num espaço que serviu de network, talkshow e diversão. Com intuito de ser descolado e interativo, os participantes podiam consumir bebidas e petiscos no Bar dentro do espaço, assistir ao evento e fazer perguntas a vontade aos participantes sem o clima de formalidade, mas num bate papo saudável com muita troca de informação.

Nesta primeira edição, o FUN contou com a brilhante participação de João Pedro Bahiana, atual diretor presidente da Associação de Jovens Empreendedores da Bahia (AJE-BA), que contou sua história de insucesso sobre a tentativa de criar um novo jornal, com uma proposta diferente às grandes empresas de Salvador; Zaira Vasconcelos, Business Coach da ActionCoach Internationa, que falou sobre o insucesso na carreira de moda e como isso foi importante para o seu crescimento na área de TI e de desenvolvimento de pessoas; e Burity Junior, empreendedor, que relatou sua tentativa de criar uma franquia de cafés com os amigos e a série de erros cometidos durantes o processo.

Quem perdeu o primeiro FUN Salvador, pode ficar tranquilo. Os talks serão disponibilizados no site oficial do FuckUp Nights da nossa primeira capital do país: http://fuckupnights.com/salvador/. Ou você pode esperar o próximo FUCKUP NIGHTS, que já está marcado para o dia 04 de agosto. SAVE THE DATE!

Lembrando que este e outros eventos são transmitidos pelo nosso Snapchat @gruporedemai e qualquer dúvida ou sugestão, só mandar um e-mail para: eventos@gruporedemais.com .

Aracaju teve ambiente multicultural e empreendedor com Retalho Criativo

Sab, 25 Jun 2016

Por Raquel Passos

No último sábado, 11, o público empreendedor aracajuano pode se conhecer melhor, fazer networking e interagir com um público diferenciado durnte o Retalho Criativo, um encontro especial realizado pela Rede+ na cidade com o intuito de criar oportunidades de negócios e engajamento social.Com música ao vivo e comida de bistrô, o ambiente cultural propício a negócios ficou ainda mais atrativo para empreender. Para o organizador do evento, Lucas Lima, a intenção foi alcançada ao conseguir realizar uma iniciativa voltada à economia criativa em Aracaju, com o apoio do Sebrae. “Poder criar oportunidades para desenvolver essas pessoas voltadas à arte, que muitas vezes não se preocupam tanto com gestão, foi um dos objetivos; tentando mostrá-las que existem ferramentas propícias à profissionalização da cultura, com empreendedorismo e novos olhares”, conta. Realizado pelo Grupo Rede+ e Sebrae, o Retalho Criativo conta com o apoio do Mercado Xique, Santé Bistrô e Galeria de Artes Zé de Dome, que buscam promover um ambiente dinâmico, versátil e colaborativo. De acordo com a gestora de economia criativa do Sebrae, Mércia Aragão, a parceria com a Rede+ é importante para o desenvolvimento de iniciativas como o Retalho Criativo. “A tendência é crescer com novas perspectivas de negócios, diante das orientações e ferramentas que são estimuladas nesse caminho”, avalia. “Porque arte pode ser profissionalizada e gerar visão empreendedora a partir dela” , conclui. Na ocasião, aconteceram encontros de negócios criativos, gastronômicos, apresentações de empresas de publicidade e tecnologia, Sebraetec, Empretec, totem MEI para abertura de empresas, música ao vivo, além de oficinas de pintura e fotografia. Sem contar as exposições de arte e bazar que completaram as atividades do dia. A artesã Marta Menezes, há 20 produz bonecas de pano e outros mimos, mas nunca de forma empreendedora: “Sempre tive essa atividade como um hobbie para mim. Quero me profissionalizar no Sebrae como MEI assim que sair minha aposentadoria, pois poderei me dedicar melhor” ;, comenta a artesã sempre estimulada pela sua mãe a produzir arte e hoje passa os ensinamentos à filha. “A ideia é que minha filha também me ajude no futuro”, finaliza.

Programa de Gestão de Vida e Carreira promoverá curso em Aracaju

Sab, 25 Jun 2016
Pesquisas dão conta que a maior parte da população mundial não planeja seu futuro profissional e pessoal. Tendo este curioso cenário desenhado, o Grupo Rede+ e a Damicos realizou a segunda edição da palestra do Programa Gestão de Vida e Carreira (GVC) – Construindo Novos Horizontes, em Aracaju (SE), no último dia 08. Agora, os interessados poderão se aprofundar no tema, se inscrevendo para o curso do Programa que será dividido em seis módulos exclusivos, a acontecer em julho, agosto e setembro.

Temas como autoconhecimento, carreira, liderança, empreendedorismo, planejamento estratégico, plano de ação, de vida e carreira serão trabalhados pelos facilitadores do curso - Fábio Rocha, professor, administrador de empresas, especialista e consultor em responsabilidade social; Maiza Santana Neville, professora, mestre em educação e criatividade, autora e experiência em gestão de RH; e Renata Castello Branco de Paula, psicóloga com especialização em administração e gestão de negócios e consultora em desenvolvimento humano.

Partindo do pressuposto que nem todo mundo se sente realizado profissionalmente, sequer entende seu nível de satisfação pessoal e profissional, e mal reconhece suas habilidades, a probabilidade de haver convicção sobre alavancar ganhos financeiros,

alcançar qualidade de vida e autorrealização cai por terra em um piscar de olhos.

Para Priscilla Rocha, empresária da P4 Consultoria e Assessoria, o programa GVC teve tudo a ver com o momento em que vive com seu negócio. “Queria ter uma noção do que o especialista tinha para falar sobre a questão de empreendedorismo e carreira. Saí de lá mais reflexiva a respeito das palavras do palestrante quanto a resistir e não desistir tão fácil dos objetivos, e da criatividade que é preciso ter, como também saber lidar com isso. Meu interesse maior foi buscar novas abordagens para utiliza-las na minha vida e desbravá-las em meu empreendimento de forma eficaz”, relata.

Curso GVC

A ementa de cada módulo, datas e valores já estão disponíveis pela Rede+. Acesse nossos canais de comunicação e fique por dentro do investimento para te ajudar a construir um plano de ação focado na transformação da situação atual para a desejada, por meio de um Projeto de Vida e Carreira. As vagas são limitadas.

Fonte: Ascom Grupo Rede+
VEJA MAIS PUBLICAÇÕES

Tenha acesso exclusivo a todas as nossas
novidades e promoções.

PARCEIROS

CONTATO

Faça parte da comunidade Rede + e trabalhe em um lugar incrível

Seja um franqueado da Rede+

Faça o seu evento na Rede+

Participe do nosso programa de mentoria

Press Kit

SALVADOR - BA

Av. Sete de Setembro, nº 3959, Barra
(71) 3042.3041

ARACAJU - SE

Praça Getúlio Vargas, nº 63, São José
(79) 3022.0711